Cuba. Avançam os testes para vacinas contra covid-19

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


24 Mai 2021

 

No último sábado, concluiu-se uma semana de intenso trabalho com a administração da candidata à vacina contra a covid-19 "Abdala" a mais de 2400 professores, trabalhadores e estudantes do Instituto de Ciência Básica e Pré-clínicas “Victoria de Girón”.

A informação é de Jose Acosta, pesquisador do Instituto de Ciência Básica e Pré-clínicas “Victoria de Girón”, de Cuba, 23-05-2021.

Ao chegar ao final do feliz término da administração das três doses da fase 3 dos respectivos ensaios clínicos de duas candidatas a vacinas desenvolvidas em Cuba que já chegaram a esta etapa (Abdala e Soberana 02), os bons resultados obtidos como segurança e eficácia, permitirão seus registros em breve. Ante o agravamento da situação epidemiológica no país, com um aumento médio diário de 1100 novos casos positivos ao Sars-CoV-2 e 10 mortes diárias em decorrência da covid-19, o Grupo Temporal Governamental, onde está representada amplamente a comunidade científica, decidiu iniciar uma intervenção sanitária em grupos vulneráveis (trabalhadores da saúde e idosos), desde o último 12 de maio.

O Instituto de Ciência Básica e Pré-clínicas “Victoria de Girón” foi responsável pela administração da vacina Abdala durante os dias 17 e 21 de maio. No arquivo abaixo, desde a ótica de um voluntário qualquer, porém não oculto, está o orgulho e a satisfação que sinto pelo grande trabalho que a nova geração de professores e estudantes da instituição fizeram.

Espero que os registros definitivos de ambas as vacinas aconteçam em meados de junho, depois que o Laboratório de Defesa Civil corrobore os resultados obtidos pelos pesquisadores, a Agência Regulatória proceda a tornar o registro efetivo e se possa começar a vacinação massiva da população durante o mês de julho. Espera-se que ao final de agosto 70% da população cubana tenha recebido mais de uma dose da vacina.

 

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Cuba. Avançam os testes para vacinas contra covid-19 - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV