Padres alemães “respondem” à Doutrina da Fé e abençoarão simultaneamente casais LGBT no próximo dia 10 de maio

Revista ihu on-line

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mais Lidos

  • A guerra de Putin e Kirill. "O pluralismo religioso nunca foi um problema para a democracia, mas hoje o pluralismo ético moral o é para as democracias. Entrevista com José V. Casanova

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


13 Abril 2021

 

“Deus é amor. Confiamos nisso. Nesta confiança vos agradecemos o amor que dão a vossas uniões, para que ambos possam se tornar uma benção, um para o outro. Damos graças a Deus por isto e oremos pela proximidade e companhia de Deus”. Assim começa a benção que um grupo de padres católicos alemães preparam para uma grande cerimônia simultânea, vários templos do país, que ocorrerá no próximo dia 10 de maio, às 19h, e que congregará centenas de casais homossexuais, “sem nenhum segredo”.

A reportagem é de Jesús Bastante, publicada por Religión Digital, 12-04-2021. A tradução é de Wagner Fernandes de Azevedo.

“Diante da recusa da Congregação para a Doutrina da Fé em abençoar as uniões homossexuais, levantamos nossa voz e dizemos: continuaremos acompanhando as pessoas que se unirem a uma união para o futuro e abençoaremos seu relacionamento”, lê-se na declaração pública emitida pela plataforma #liebegewinnt ('o amor ganhou'), que reúne católicos que se posicionaram contra o responsum do Vaticano.

“Não rejeitamos uma cerimônia de bênção. Fazemos isso em nossa responsabilidade de pastores, que prometem às pessoas em momentos importantes de suas vidas as bênçãos que só Deus dá”, acrescenta o documento, que mostra como “respeitamos e valorizamos seu amor, e também acreditamos que as bênçãos de Deus estão sobre eles”.

“Não aceitamos que uma moralidade sexual exclusiva e antiquada posta às costas das pessoas e prejudique nosso trabalho pastoral”, finaliza a carta.

 

Noé, o progenitor de todos os gêneros

Por que em 10 de maio? De acordo com a Enciclopédia Ecumênica dos Santos, Noé é comemorado em 10 de maio, considerado “o progenitor de todos os gêneros na Bíblia. Deus lhe enviou o arco-íris como um sinal de sua aliança. O nome de Noé se traduz em: aquele que traz calma, o consolador”, eles apontam da plataforma.

Porque “o amor vence. O amor é uma bênção. As pessoas que se amam são abençoadas”, concluem os organizadores. “Não queremos excluir ninguém. Celebramos a diversidade dos diferentes planos de vida e histórias de amor das pessoas e pedimos a bênção de Deus. Sem segredos”. Poderão?


Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Padres alemães “respondem” à Doutrina da Fé e abençoarão simultaneamente casais LGBT no próximo dia 10 de maio - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV