Enzo Bianchi aceita medidas da Santa Sé e deixa Bose

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


02 Junho 2020

No fim, depois de alguns dias de debate interno, Enzo Bianchi, Goffredo Boselli e Antonella Casiraghi declararam que aceitam, “embora com espírito de sofrida obediência”, todas as disposições contidas no decreto da Santa Sé do dia 13 de maio de 2020.

A reportagem é de Paolo Rodari, publicada em La Repubblica, 01-06-2020. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Lino Breda, por sua vez, a quarta pessoa da comunidade monástica de Bose que havia sido convidado ao afastamento, declarou que aceitava o decreto imediatamente, no mesmo momento da notificação. Isso foi anunciado por uma breve nota publicada no site da própria comunidade.

A partir dos próximos dias, portanto, pelo tempo indicado nas disposições, Bianchi e os outros três “viverão como irmãos e irmãs da Comunidade em locais distintos de Bose e das suas Fraternidades”.

O afastamento, portanto, não representa uma saída da Comunidade e, como dissera o próprio Bianchi em um comunicado, é “temporário”. Neste momento, não se conhecem os detalhes do decreto, mas, de acordo com o comunicado recém-publicado pela Comunidade, parece que assim se encontram as coisas.

A Comunidade escreve: “Aos nossos amigos e hóspedes que nos acompanharam com a oração e o afeto nestes dias difíceis, pedimos que não deixem de interceder intensamente por todos nós, monges e monjas de Bose, onde quer que nos encontremos a viver”.

E ainda: “Rezem por cada um de nós e pela Comunidade como um todo, para que possa continuar no rastro do seu carisma fundador: fiel à sua vocação de comunidade monástica ecumênica de irmãos e irmãs de diferentes confissões cristãs, continue testemunhando cotidianamente o evangelho no meio dos homens e das mulheres do nosso tempo”.

Nestas horas, Enzo Bianchi ainda fez ouvir a sua voz via Twitter: “Chega a hora em que somente o silêncio pode expressar a verdade, porque a verdade deve ser ouvida na sua nudez e na cruz que é seu trono”, escreve ele. “Jesus, para dizer a verdade diante de Herodes, fez silêncio. ‘Jesus autem tacebat!’, está escrito no Evangelho”.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Enzo Bianchi aceita medidas da Santa Sé e deixa Bose - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV