Vaticano realizará conferência em 2012 para analisar abusos sexuais na Igreja

Mais Lidos

  • Como o Papa Francisco está tentando “feminilizar” a Igreja

    LER MAIS
  • “Os maus-tratos aos animais é uma expressão do mal e da nossa incapacidade de aceitar os outros”. Entrevista com Corine Pelluchon

    LER MAIS
  • Israel-Palestina. Um soldado se sacrifica e um primeiro-ministro renuncia: o genocídio em Gaza provoca ações desesperadas

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

13 Junho 2011

A Pontifícia Universidade Gregoriana, em colaboração com inúmeros dicastérios da Santa Sé, irá promover um congresso para analisar o problema dos abusos sexuais perpetrado por membros da Igreja contra menores, que irá ocorrer em fevereiro de 2012 sob o título Rumo à cura e à renovação.

A reportagem é da agência Efe, 13-06-2011. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

O simpósio será dirigido aos bispos das diversas conferências episcopais do mundo e aos superiores de todas as ordens religiosas e tem como objetivo ajudar os prelados a "responder adequadamente ao pedido da Congregação para a Doutrina da Fé de preparar diretrizes eficazes para tratar os possíveis casos de abuso sexual", segundo informou a Sala de Imprensa da Santa Sé em um comunicado.

O prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, cardeal William Levada, enviou uma carta circular a todas as conferências episcopais do mundo, na qual exortava os bispos a redigir um documento em que se indique o procedimento que será seguido pela autoridade eclesiástica nos casos de abuso sexual perpetrados por membros da Igreja, que terá que ser enviado ao Vaticano antes de maio 2012 .

Para a redação desse documento e para enfrentar os casos de abuso sexual dentro da Igreja, o prefeito do dicastério vaticano recordou alguns princípios que devem inspirar as ações dos bispos, como o dever de "ouvir as vítimas" e de colaborar com as autoridades civis, e até de "denunciar os crimes" às autoridades competentes.

Assim, o congresso irá contar entre os relatores com psicólogos, juristas e teólogos das diversas partes do mundo, que tentarão apresentar o modo de enfrentar o problema nas diversas dioceses. Entre os relatores, encontra-se a professora de psiquiatria da Universidade St. George de Londres, a baronesa Sheila Hoggins, que vai abordar o tema de Ouvir as vítimas, edificar a credibilidade.

Também participarão especialistas da associação americana Virtus, que desenvolveu um programa específico nos EUA para a prevenção dos abusos sexuais contra menores.

Além disso, o congresso irá apresentar a constituição do novo Centro "E-Learning", que estará disponível para os responsáveis eclesiásticos para fornecer informações e recursos necessários para enfrentar o problema da pedofilia.

Esse congresso será apresentado no próximo sábado, dia 18 de junho, na sede da Pontifícia Universidade Gregoriana, em uma coletiva de imprensa que contará com a presença do promotor de justiça da Congregação para a Doutrina da Fé, monsenhor Charles Scicluna, e com o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Vaticano realizará conferência em 2012 para analisar abusos sexuais na Igreja - Instituto Humanitas Unisinos - IHU