menu
close

Programação

keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

 

 

Apresentação

O Ciclo de Estudos Inteligência Artificial, fronteiras tecnológicas e devires humanos busca debater de forma transdisciplinar os limites e possibilidades práticos e teóricos envolvendo a Inteligência Artificial (IA) a partir dos mais recentes desdobramentos tecnológicos, éticos, sociais, climáticos e geopolíticos globais. Para isso, o evento contará com conferencistas que abordarão a IA por diferentes ângulos, como é o caso dos estudos sobre a transferência de inteligência, consciência e senciência para sistemas autônomos, ou mesmo a utilização de tecnologia para fins militares, demais estratégias de guerra ou para fenômenos socioambientais da mutação climática, bem como a nova fronteira da existência humana e criação de mundos por meio das tecnologias imersivas, a exemplo do metaverso. São exposições com o objetivo de expandir e aprofundar o debate sobre as difusas margens entre a máquina e o humano.

 

Objetivo geral

 

Debater transdisciplinarmente os limites e possibilidades práticos e teóricos envolvendo a Inteligência Artificial a partir dos mais recentes desdobramentos tecnológicos, éticos, sociais, climáticos e geopolíticos globais.

 

Objetivos específicos

 

 - Refletir sobre os sistemas éticos e morais subjacentes à criação e ao uso de inteligências artificiais, bem como seus efeitos desiguais nos distintos estratos socioeconômicos da sociedade;

 

 - Compreender o uso de tecnologias imersivas, como o Metaverso, e as consequências éticas, sociais e econômicas para a sociedade contemporânea;

 

 - Debater sobre o uso da inteligência artificial em conflitos armados e demais estratégias de guerra;

 

 - Especular sobre as difusas margens entre a máquina e o humano a partir de propriedades como inteligência, consciência e senciência;

 

 - Analisar os limites e possibilidades do uso de sistemas autônomos e inteligência artificial no enfrentamento dos desafios inerentes ao Novo Regime Climático;

 

 - Discutir sobre a inteligência artificial e seus efeitos na esfera teológica das sociedades contemporâneas. 

 

Certificado

 

Será fornecido certificado a todos(as) que fizerem a inscrição e no dia do evento assinarem a presença, por meio do formulário (forms) disponibilizado no chat durante o evento. Os certificados estarão disponíveis até 30 dias após o término do evento, no portal Minha Unisinos.

 

O evento é aberto ao público para assistir na Página inicial IHUYouTubeFacebook e TwitterNão é necessária inscrição para acompanhar a transmissão.

 

Promoção

 

Universidade do Vale do Rio dos Sinos – Unisinos

Instituto Humanitas Unisinos – IHU

 

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Mas afinal, o que é metaverso? De começo é preciso dizer que não há uma única definição nem um só criador do metaverso. Em linhas muito gerais, pode-se dizer que o metaverso é uma realidade digital, conectada à Internet, integrando elementos de redes sociais, realidade aumentada, gamificação e criptomoedas criando espaços de sociabilidade virtual. O espaço é visto com interesse particular pelas grandes corporações, tanto que Mark Zuckerberg transformou o nome da controladora de suas empresas – Facebook, Instagram e Whatsapp – em Meta. Nesta edição da IHU On-Line, reunimos uma série de pesquisadores para pensar sobre diferentes dimensões do metaverso, incluindo aspectos que vão da cultura pop à teologia.

A tecnologia na vida cotidiana e nas instituições: Heidegger, Agamben e Sloterdijk

Edição: Cadernos IHU ideias - Nº 287

Neste artigo procuro apresentar alguns elementos subsidiários para a reflexão do contexto geral que une cotidiano e tecnologia

Tudo é possível? Uma ética para a civilização tecnológica

Edição: 371

Há 32 anos era lançada uma obra fundamental para a filosofia, cuja abordagem é das mais atuais e inquietantes: O princípio responsabilidade, de Hans Jonas (1903-1993). Inspirada pela importância desse escrito, a IHU On-Line entrevistou pesquisadores sobre o legado jonasiano.