Conferência internacional debate o uso de Israel como modelo cultural pela extrema-direita

Mais Lidos

  • Católicos cínicos e a negatividade em relação ao Papa Francisco. Artigo de Massimo Faggioli

    LER MAIS
  • Influenciadores ou evangelizadores digitais católicos? Artigo de Dom Joaquim Mol

    LER MAIS
  • Campanha da Fraternidade 2024: Fraternidade e Amizade Social. Artigo de José Geraldo de Sousa Junior e Ana Paula Daltoé Inglêz Barbalho

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

24 Março 2023

Evento reúne pesquisadores de dentro e de fora do país para debater o papel da Israel imaginária encontrada nos projetos das novas direitas ao redor do mundo.

A informação é de Denis Dana, 23-03-2023.

Nos dias 28 e 29 de março, historiadores, sociólogos, antropólogos e pesquisadores de dentro de dentro e de fora do Brasil se reúnem para a conferência “Israel como código cultural: imaginário e usos na extrema-direita”.

O evento, promovido pelo Instituto Brasil-Israel (IBI), pelo Open Society Foundation, Instituto de Relações Internacionais da PUC-Rio (IRI/PUC-Rio), e pelo Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGHIS/UFRJ), busca debater e aprofundar o entendimento acerca do uso de uma Israel absolutamente imaginária, por parte das novas e radicais direitas ao redor do mundo, como modelo cultural e de inspiração.

Durante os dois dias de evento, grandes nomes que atuam na pesquisa acerca do tema trarão diversos pontos a ele relacionados. “É notório que nessas novas direitas que surgiram e cresceram, principalmente a partir de 2010, entre alguns padrões de atuação, como a escassez de valores democráticos, questionamento dos processos eleitorais e outras ações de desqualificação institucional, também trazem em comum a utilização do Estado de Israel como uma espécie de modelo utópico como uma sociedade branca, armada, conservadora, heteronormativa e masculina, algo totalmente diferente da pluralidade existente no país”, diz um dos conferencistas, Michel Gherman, assessor acadêmico do IBI, professor do Departamento de Sociologia da UFRJ, onde coordena o Núcleo Interdisciplinar de estudos Judaicos, e professor do programa de pós-graduação de História Social da mesma universidade.

“É preciso, então, compreender o papel dessa criação imaginária na formulação de política e no projeto civilizatório dessas novas direitas pelo mundo.” Por meio de uma abordagem interdisciplinar, as mesas abordarão temas relacionados a essas novas direitas por aspecto inovador, com a intenção de cooperar com outros pesquisadores na produção de conhecimento científico.

No dia 28 de março, serão contemplados os temas “Religião, Política e Israel como modelo cultural”, “Novas extremas-direitas e Israel como modelo político” e apresentação de pesquisadores do laboratório.

No dia 29 de março, a programação terá “Israel Imaginária e Redes Ideológicas Transnacionais” e “Conspiracionismos, Ressentimentos Morais e Extrema-Direita”, além de mais apresentações de pesquisadores de laboratório.

A conferência terá participações internacionais de Arieh Sposnik (Ben Gurion University), Benjamin Teitelbaum (Universidade de Colorado), Misha Klein (Universidade de Oklahoma) e Paul Freston (Wilfrid Laurier University), além dos pesquisadores e docentes brasileiros Ronaldo de Almeida e Omar Ribeiro (Unicamp), Cristiane Vital (UFF), Odilon Caldeira (UFJF), Guilherme Casarões (FGV-SP), Maria das Dores Campos Machado, Monica Grin e Alexandre Werneck (UFRJ), Andrea Hoffmann e Monica Herz (PUC-Rio), Demian Bezerra de Melo (UFF) e João Cezar Rocha de Castro (UERJ). 

Serviço

  • Conferência Internacional “Israel como código cultural: imaginário e usos na extrema-direita”
  • Dias 28 e 29 de março
  • Local: dia 28 no Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFCS/UFRJ)
  • Dia 29 na PUC-Rio
  • Entrada gratuita.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Conferência internacional debate o uso de Israel como modelo cultural pela extrema-direita - Instituto Humanitas Unisinos - IHU