Moçambique. Visita de solidariedade dos Bispos da África do Sul à diocese de Pemba, atingida pelas violências jihadistas

Mais Lidos

  • Somos todos aspirantes a cristãos. Entrevista com Paolo Ricca

    LER MAIS
  • “O mundo da educação foi sobrecarregado e perturbado pelo surgimento do ChatGPT”. Discurso do cardeal José Tolentino de Mendonça

    LER MAIS
  • O “Filioque” e a história. Artigo de Flávio Lazzarin

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

26 Novembro 2020

“A Conferência Episcopal da África Austral (SACBC) decidiu fazer uma visita de solidariedade ao Bispo de Pemba, de 2 a 4 de dezembro" anunciou Sua Exca. Mons. José Luis Ponce de León, Bispo de Manzini (Suazilândia). A SACBC reúne os Bispos de Botswana, África do Sul e Suazilândia. A delegação visitará a diocese, no norte de Moçambique, em resposta aos múltiplos apelos de solidariedade lançados pelo Bispo de Pemba, Sua Exca. Mons. Luiz Fernando Lisboa.

A reportagem é publicada por Agência Fides, 25-11-2020. A tradução é de Luisa Rabolini.

Pemba é a capital da província de Cabo Delgado, devastada em 2017 por uma insurreição liderada por um grupo que se declarou filiado ao Estado Islâmico, que causou a morte de mais de 2.300 pessoas e o deslocamento de pelo menos 600.000 habitantes.


Mapa da África Austral com destaque a Moçambique. Fonte: Wikicommons

No início de 2020, Mons. Lisboa lançou um dramático apelo à solidariedade internacional: “O nosso povo necessita urgentemente de paz porque esta crise desestabilizou completamente a nossa província. Pedimos à comunidade internacional que venha em nosso auxílio”. Mais tarde, ele fez outro apelo para ajudar os deslocados. “Precisamos de alimentos, remédios, roupas, cobertores, toda a ajuda necessária para ajudar essas pessoas.”


Mapa de Moçambique, destaque para Cabo Delgado e Pemba. Fonte: Wikicommons

A delegação que visitará a diocese de Pemba incluirá, além de Mons. Ponce de León, Sua Exca. Mons. Victor Phalana Bispo de Klerksdorp na África do Sul, a secretária geral adjunta da SACBC, Irmã Tshifhiwa Munzhedzi, e o diretor do Instituto Dennis Hurley da Paz, Johan Viljoen.

Em setembro, os membros da SACBC expressaram sua solidariedade ao povo de Deus em Cabo Delgado: "Seguimos com preocupação crescente a rápida deterioração da situação na diocese de Pemba, na província de Cabo Delgado: violência generalizada, destruição de propriedades, deslocamentos forçados de mais de 200.000 pessoas e perda de vidas humanas”.

Recentemente, Mons. Lisboa intensificou os apelos à solidariedade. “É uma situação dramática para as pessoas que fogem da guerra, de suas aldeias e de suas ilhas. Para se ter uma ideia, nos últimos dois dias, o distrito de Muidumbe sofreu sete ataques em sete aldeias. As pessoas são obrigadas a dormir na mata. Quem foge de barco fica até 3, 4, 5 dias no mar, chegando com fome e desidratado”, havia relatado o Bispo de Pemba.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Moçambique. Visita de solidariedade dos Bispos da África do Sul à diocese de Pemba, atingida pelas violências jihadistas - Instituto Humanitas Unisinos - IHU