Francisco programa viagem ao México para o primeiro semestre de 2016

Revista ihu on-line

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mais Lidos

  • “Da crise não se sai sozinho. Se sai arriscando e dando a mão ao outro”. Entrevista com o Papa Francisco

    LER MAIS
  • A liturgia e o desejo de comunhão: sobre “Desiderio desideravi” do Papa Francisco

    LER MAIS
  • “A sinodalidade é um processo dinâmico que nunca termina”. Entrevista com Dom Luis Marín de San Martín

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Por: André | 07 Outubro 2015

Francisco visitará o México, possivelmente no primeiro semestre de 2016. Foi o que anunciou o porta-voz vaticano, Federico Lombardi, que destacou que a data poderá ser divulgada no próximo mês de novembro. O pontífice, que acaba de voltar de Cuba e Estados Unidos, afirmou recentemente que tinha o desejo de visitar a Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe e, seguramente, Ciudad Juárez, perto da fronteira com os Estados Unidos.

A reportagem é publicada por Religión Digital, 06-10-2015. A tradução é de André Langer.

O porta-voz vaticano disse que em novembro, o mais tardar, será divulgada a agenda de Francisco para a sua primeira visita ao México, provavelmente no primeiro semestre de 2016. O México é o segundo país com maior número de católicos do mundo, atrás apenas do Brasil.

Em sua recente visita aos Estados Unidos, Francisco tinha pensado inicialmente em entrar por Ciudad Juárez, no México, mas descartou esta possibilidade por acreditar que o México “merece algo mais”. Ao final, optou por incluir Cuba em seu giro, que no dia 17 de dezembro reatou relações diplomáticas com os Estados Unidos.

“Não era possível ir ao México sem visitar N. Sra. de Guadalupe. Depois veio o anúncio de 17 de dezembro, após um processo de quase um ano. E eu disse: vamos aos Estados Unidos, mas fazendo uma escala em Cuba”, explicou o Papa há duas semanas a jornalistas, no avião que o levou de Santiago de Cuba para Washington.

Em março, em uma entrevista concedida à jornalista Valentina Alazraki da Televisa, Francisco afirmou que “o México requer uma semana”. “Ou seja, prometo uma viagem ao México como merece e não uma visita apurada e de passagem. Por isso, decidi não entrar pelo México [para ir aos Estados Unidos]”, indicou.

O México é o país da América que teve mais visitas papais, com cinco de João Paulo II (1979, 1990, 1993, 1999 e 2002) e uma de Bento XVI (2012).

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Francisco programa viagem ao México para o primeiro semestre de 2016 - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV