Charles Péguy inspira o Papa Francisco na sua alocução final do Sínodo para a Amazônia

Revista ihu on-line

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mais Lidos

  • Sonho de Francisco: “Uma Igreja sem correntes e sem muros, que não acumule atrasos diante dos desafios de hoje”

    LER MAIS
  • A “revolução litúrgica” de Francisco põe fim às missas tradicionalistas e restaura a reforma conciliar “em toda a Igreja do Rito Romano”

    LER MAIS
  • “O catolicismo de amanhã será diaspórico ou não será.” Entrevista com Danièle Hervieu-Léger

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


27 Outubro 2019

Palavras do Papa na alocução final da última Congregação do Sínodo para a Amazônia: “O Documento final deve ser lido na sua globalidade e não as pequenas e singulares coisas. Portanto, não uma leitura elitista, separada dos desafios do homem.

Charles Péguy lhe serviu de inspiração. A versão italiana da poesia abaixo pode ser lida aqui.

Não gosto

Charles Péguy

Não gosto dos beatos

Daqueles que creem estarem em graça
porque não têm a força de estarem na natureza.

Daqueles que creem estarem com Deus
porque não estão com as pessoas.

Daqueles que creem amar a Deus
porque não amam a ninguém.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Charles Péguy inspira o Papa Francisco na sua alocução final do Sínodo para a Amazônia - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV