‘Liberdade’ de trabalhar domingos

Mais Lidos

  • Especialização em Protagonismo Feminino na Igreja: experiência de sororidade e crescimento humano integral

    LER MAIS
  • No meio do caminho estava o CIMI: 50 anos do documento-denúncia “Y-Juca-Pirama” e a atuação do Pe. Antônio Iasi Jr, SJ

    LER MAIS
  • Frente à carnificina, testemunhar. O quê? Uma resposta do cristianismo de libertação. Artigo de Jung Mo Sung

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

14 Agosto 2019

Ontem, o plenário da Câmara aprovou o texto-base da medida provisória 881, mais conhecida como MP da Liberdade Econômica – embora o nome não ajude a compreender direito do que se trata. Foram 345 votos a favor e 76 contra. Os destaques da matéria serão votados hoje.

A Repórter Brasil publicou uma lista com as principais mudanças da MP, considerada uma segunda reforma trabalhista. Algumas delas caíram ontem, durante a negociação para que a votação acontecesse antes de a medida perder a validade – mas outras permaneceram. É o caso do fim da restrição de trabalho aos domingos e feriados, que dispensa o empregador de pagar em dobro pelo tempo trabalhado nesses dias. A proposta original previa autorização para que as pessoas trabalhassem por até sete domingos seguidos. Os deputados encurtaram esse período para quatro domingos. “Na prática, trabalhar ao domingo não trará nenhum benefício para o trabalhador, nem financeiro”, resume o site. A MP 881 também libera os bancos para abrir aos sábados. Se as agências aderirem, os bancários podem ter que trabalhar um dia a mais.

A proposta também dá autorização para que o controle da jornada seja “por exceção”, quando o trabalhador só registra o horário de horas extras e faltas. Na avaliação do Ministério Público, isso aumenta o risco de fraude. E cria a carteira de trabalho digital. A MP ainda precisa ser aprovada pelo Senado até o dia 28 de agosto.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

‘Liberdade’ de trabalhar domingos - Instituto Humanitas Unisinos - IHU