O aniversário da Encíclica mais verde da história

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • A arte da leitura. Artigo de Enzo Bianchi

    LER MAIS
  • Maria Madalena era realmente de Magdala? Duas pesquisadoras investigam isso

    LER MAIS
  • Os verbos transitivos. Artigo de Gianfranco Ravasi

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


19 Junho 2019

Há exatos 4 anos o Papa Francisco lançava ao mundo uma encíclica repleta de críticas a um modelo de desenvolvimento, escreve André Trigueiro, jornalista, pós-graduado em gestão ambiental pela Coppe/UFRJ e professor de jornalismo ambiental da PUC-RJ em artigo publicado por G1, 18-06-2019.

Eis o artigo

Há exatos 4 anos o Papa Francisco lançava ao mundo uma encíclica repleta de críticas a um modelo de desenvolvimento que, a um só tempo, destrói o meio ambiente de uma forma avassaladora sem qualquer compromisso com a inclusão social.

Inspirada no Cântico das Criaturas, de Francisco de Assis, a Encíclica Laudato Si' (Louvado Seja) é considerada por vaticanistas a mais fortemente influenciada pela ciência da história da igreja.

Um dos efeitos positivos do documento foi o constrangimento causado aos chefes de Estado, instigados pelo Papa a serem mais efetivos no cumprimento de suas obrigações em favor da vida, protegendo a natureza e o meio ambiente.

Meses depois do lançamento da Encíclica, celebrou-se o Acordo de Paris, e muitos atribuíram ao Papa o resultado positivo da conferência do clima.

A militância ecológica de Sua Santidade prossegue em diversas frentes, como confirma a reunião ocorrida semana passada no Vaticano, quando Francisco recebeu os executivos responsáveis pelas maiores petroleiras do planeta e os fez assinar um termo de compromisso reconhecendo a necessidade de conter o aquecimento global e minimizar suas consequências. É o Papa em ação, absolutamente coerente com os princípios de sua Encíclica.

A força e contundência do documento foram resumidos por mim num post que publiquei aqui no G1 há 4 anos. Vale conferir! 

Uma Encíclica para mudar o mundo

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O aniversário da Encíclica mais verde da história - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV