Papa nomeia Wilton Gregory arcebispo de Washington

Revista ihu on-line

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mais Lidos

  • Diante do nacionalismo da Grande Rússia, vamos reinventar o internacionalismo. Artigo de Pierre Dardot e Christian Laval

    LER MAIS
  • “Receber dinheiro para evangelizar de quem gera morte é contraditório”. Entrevista com Dom José Ionilton Lisboa de Oliveira

    LER MAIS
  • “Fratelli Tutti” coisa nenhuma. “Memorando” exorta que antes do conclave os cardeais releiam “Dominus Iesus”

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


05 Abril 2019

Conforme antecipou Religión Digital, o Papa Francisco nomeou o atual arcebispo de Atlanta, Wilton Gregory, arcebispo de Washington. Entre as prioridades de quem se tornará o primeiro arcebispo afro-americano da capital estadunidense e, previsivelmente, o primeiro cardeal negro do país norte-americano, estará a de recuperar a confiança entre fiéis e público, após o escândalo dos abusos sexuais.

A reportagem é de Cameron Doody, publicada por Religión Digital, 04-04-2019. A tradução é do Cepat.

Gregory, de 71 anos, completará 46 anos de sacerdote e 36 de bispo, neste ano. De 1983 a 1994, foi bispo auxiliar de sua cidade natal, Chicago, servindo com o seu mestre teológico, o cardeal progressista Joseph Bernardin. Em 1994, foi nomeado arcebispo de Belleville, no mesmo estado de Illinois, posto no qual permaneceu até 2004, quando foi transferido para o seu cargo atual.

Em Washington, Gregory substituirá o cardeal Donald Wuerl, que permaneceu na capital como administrador apostólico desde que renunciou ao cargo, em outubro do ano passado, pressionado pelo escândalo de seu predecessor, o já ex-cardeal e ex-sacerdote abusador Theodore McCarrick.

Apesar das dúvidas que surgiram tanto nos Estados Unidos como em Roma, em razão da idade avançada de Gregory – já que terá somente uns quatro anos em Washington até ser obrigado a apresentar sua renúncia ao Pontífice –, parece que sua experiência foi o que prevaleceu. O até agora arcebispo de Atlanta ganhou a fama de bom administrador e inimigo implacável da pedofilia, sobretudo por sua etapa à frente da Conferência Episcopal, entre 2001 e 2004.

Em pleno escândalo dos abusos do Spotlight, em Boston, Gregory conseguiu implementar os atuais protocolos antiabusos da Igreja estadunidense, sendo reconhecido pela revista Time, em 2002, por seu compromisso com a proteção dos menores.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Papa nomeia Wilton Gregory arcebispo de Washington - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV