Anglicanos reconhecem o Papa como “Pai da Igreja”, diz arcebispo Welby

Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Mais Lidos

  • O Deus dos desgraçados. Artigo de Tarso Genro

    LER MAIS
  • Itália. Hospitais sem médicos: o governador da Calábria contrata 500 especialistas cubanos

    LER MAIS
  • A vida de Xi Jinping e as escolhas da China

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


05 Agosto 2022

 

O arcebispo Justin Welby disse que acredita que a maioria dos anglicanos na Inglaterra reconhecem o Papa como “o pai da Igreja no Ocidente”.

 

A reportagem é de Patrick Hudson, publicada por The Tablet, 04-08-2022. A tradução é de Wagner Fernandes de Azevedo.

 

O mundo das Igrejas necessita de um ímpeto renovado para escapar do “atual inverno ecumênico”, afirmou o arcebispo de Canterbury ontem, quando admitiu que ele “não se orgulha” do progresso do cristianismo nos últimos nove anos.

 

Falando à frente do dia sobre meio ambiente e sustentabilidade na Conferência de Lambeth, o arcebispo Justin Welby disse que “os hábitos da separação” se tornaram ainda gravura ao longo dos últimos 500 anos.

 

No entanto, ele acrescentou que acredita que a maioria dos anglicanos na Inglaterra agora reconhece o Papa como “o pai da Igreja no Ocidente”.

 

O dia incluiu a apresentação e a discussão do “Chamado sobre o meio ambiente e a sustentabilidade” e um rito simbólico de plantio de árvores para iniciar a Floresta da Comunhão Anglicana, uma iniciativa a que cada bispo se comprometerá a cuidar do meio ambiente em sua diocese.

 

O arcebispo da Cidade do Cabo, Thabo Makgoba, falou ao The Tablet que iniciativas conjuntas sobre o meio ambiente eram “sem preço” fomentando relações mais fortes entre as Igrejas.

 

“Se nós não concordamos sobre a doutrina sacramental”, disse ele, “nós podemos concordar sobre a manifestação física da doutrina, e sobre nosso dever para proteger a Criação de Deus e o Povo de Deus”.

 

Ele também disse que esse era um canal vital para o diálogo inter-fé, mas ele estava mais otimista sobre a possibilidade da Comunhão Anglicana tomar “direções mais práticas” para superar suas diferenças sobre a doutrina – as quais estavam bem evidentes no início desta semana na discussão do polêmico “Chamado sobre a dignidade humana”. Ele disse que a sessão era “significativa para aceitar uma pluralidade de visões”, mas observou que “medidas práticas são implicações de doutrina”.

 

“Nosso cuidado com o meio ambiente está enraizado na doutrina da criação, mas essa também é a raiz das discordâncias sobre a doutrina do casamento”, afirmou.

 

O arcebispo católico Bernard Longley, de Birmingham, que está participando da conferência pela Comissão Internacional Anglicana-Católica Romana, falou ao The Tablet que sua participação na conferência o ajudou a apreciar a posição anglicana nas discussões ecumênicas.

 

Respondendo aos comentários do arcebispo Welby sobre o progresso limitado do ecumenismo, Longley disse que o mais importante era que a conferência pareceu ter assegurado a unidade da Comunhão Anglicana.

 

“De uma perspectiva católica, nós lidamos com outras Igrejas no nível universal”, disse ele. “Se a Comunhão estava dividida, nós teríamos encontrado novos parceiros para o diálogo, e isso dificultaria significativamente o processo”.

 

Em sua primeira experiência em uma Conferência de Lambeth, o arcebispo Longley disse que isso lhe deu uma noção da escala e diversidade da Comunhão Anglicana. Ele ficou particularmente impressionado com a contribuição dos bispos do Sudão do Sul “que estão cuidando do seu povo no meio da guerra”.

 

O arcebispo Welby havia confirmado anteriormente que ainda esperava visitar o Sudão do Sul com o Papa Francisco quando a saúde deste último permitisse, e disse que um elemento da viagem abordaria os efeitos das mudanças climáticas no país.

 

 

Leia mais

 

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Anglicanos reconhecem o Papa como “Pai da Igreja”, diz arcebispo Welby - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV