Fogo destrói metade de terra indígena em Mato Grosso do Sul

Mais Lidos

  • A identidade de católico, o Papa e o cristianismo de libertação versus a direita. Artigo de Jung Mo Sung

    LER MAIS
  • Atividade, no formato live, será na terça, 05-03, a partir das 10h

    Influenciadores digitais católicos em debate no IHU

    LER MAIS
  • Francisco: pedi para realizar estudos sobre a ideologia de gênero, o perigo mais feio hoje

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

30 Agosto 2021

 

Brigadistas se revezam 24 horas no combate às chamas; previsão é de pico de incêndios em setembro no Pantanal.

A reportagem é de Emilio Sant'Anna e Tiago Queiroz, publicada por O Estado de S. Paulo, 30-08-2021.

Após 18 dias de incêndio no território indígena Kadiwéu, no interior do Mato Grosso do Sul, os brigadistas do Ibama esperam finalizar nesta segunda-feira, 30, o trabalho de combate ao fogo. Cinquenta homens do Prevfogo, ligado ao órgão ambiental federal, se revezaram durante 24 horas na região. As chamas consumiram 48% da área protegida.

 

Mapa do Território Indígena Kadiweu (Fonte: Mulheres em Ação no Pantanal – Mupan)

 

Lá, vivem cerca de dois mil indígenas. O local tem cerca de 540 mil hectares – o que equivale a 540 mil campos de futebol – e o acesso é o principal problema. “Os combates não são difíceis, a vegetação é rasteira. Porém, o mais complicado é o acesso. Por vezes o fogo está em cima do morro, é preciso fazer caminhadas de 10, 12 quilômetros, e é uma encosta com muitas pedras soltas”, conta Bruno Águeda Ovelha, supervisor de brigadas.

 

 

A íntegra da reportagem pode ser lida aqui.

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Fogo destrói metade de terra indígena em Mato Grosso do Sul - Instituto Humanitas Unisinos - IHU