Ter uma morte por minuto é terrível, diz o Papa Francisco

Mais Lidos

  • Atividade, no formato live, será na terça, 05-03, a partir das 10h

    Influenciadores digitais católicos em debate no IHU

    LER MAIS
  • A identidade de católico, o Papa e o cristianismo de libertação versus a direita. Artigo de Jung Mo Sung

    LER MAIS
  • Francisco: pedi para realizar estudos sobre a ideologia de gênero, o perigo mais feio hoje

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

08 Junho 2020

Neste domingo, 07-06-2020, o papa Francisco fez uma referência ao número de mortes provocadas pelo coronavírus no Brasil, durante a cerimônia do Ângelus, tradicional oração católica em louvor à Virgem Maria e ao momento da concepção de Jesus.

Dirigindo-se a centenas de pessoas que recebiam a bênção na praça de São Pedro, Francisco apontou que a Covid-19 continua fazendo muitas vítimas, "especialmente na América Latina".

"Na última sexta-feira, em um país, uma morte por minuto! Terrível!"

Embora não tenha citado nominalmente o Brasil, o papa Francisco fez referência à marca de 1.473 mortes em um período de 24 horas, alcançada pelo país na última quinta-feira (4), exatos cem dias após a confirmação do primeiro caso de coronavírus no país.

 

Eis as palavras do Papa ao final do Ângelus:


“Saúdo a todos vocês, romanos e peregrinos: os fiéis, as famílias e as comunidades religiosas. Também a presença de vocês na praça, ainda que poucos, é um sinal que na Itália a fase aguda da epidemia foi superada, ainda que permaneça a necessidade – sim, fiquem atentos, não cantem vitória antes da hora, não cantem muito cedo a vitória! – de seguir com cuidado as normas vigentes, porque são normas que nos ajudam a evitar que o vírus prossiga. Graças a Deus estamos saindo do centro mais forte, mas sempre com as prescrições dadas pelas autoridades.

No entanto, em outros países – penso especialmente em alguns – o vírus continua fazendo vítimas. Na sexta-feira passada, num País, morreu uma pessoa por minuto! Terrível. Desejo exprimir a minha proximidade àquelas populações, aos doentes e aos seus familiares, e a todos que as cuidam. Com a nossa oração estamos juntos”.

Veja o vídeo. A referência ao Brasil está em 12’47:

 

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Ter uma morte por minuto é terrível, diz o Papa Francisco - Instituto Humanitas Unisinos - IHU