Brasil possui quatro cidades entre os dez piores transportes públicos do mundo, aponta estudo

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • Populismos, autoritarismos e resistências emergentes

    LER MAIS
  • Às leitoras e aos leitores

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


24 Julho 2018

Rio de Janeiro ficou na última colocação dos dez piores transportes públicos do mundo entre as 74 cidades analisadas.

A reportagem é de Paulo Henrique Gomes, publicada por Agência Rádio Mais e reproduzida por EcoDebate, 23-07-2018.

O instituto de pesquisa Expert Market produziu um levantamento sobre o transporte público nos 74 principais centros urbanos do mundo. Você não está satisfeito com a qualidade do transporte na sua cidade? Então, você não irá se surpreender com o resultado da pesquisa.

A pesquisa avaliou a mobilidade de cidades do mundo inteiro e levou em consideração indicadores com o tempo de viagem, espera para pegar a condução, baldeações, distância total e o custo mensal do transporte relacionado ao salário médio da população.

E as cidades brasileiras foram mal avaliadas na pesquisa. São quatro cidades brasileiras entre as dez últimas colocadas. Brasília ocupa a posição 68, Salvador a posição 70, São Paulo ocupa a posição 72 e o Rio de Janeiro a posição 74, o último lugar entre as cidades analisadas.

No Rio, o quesito que mais chamou a atenção foi o alto custo do transporte público em relação ao salário médio das pessoas que vivem na cidade. Os dados analisados indicaram que os gastos com passagens representam cerca de R$ 160 por mês, que equivale a 9,4% do salário médio, segundo o levantamento.

O estudo ainda sinalizou que na cidade do Rio de Janeiro os passageiros passam, em média, 19 minutos por dia esperando a condução chegar e que os passageiros passam em torno de uma hora e meia por dia dentro de ônibus e trens.

Ainda segundo a pesquisa, Brasília apresenta o segundo pior tempo médio de espera por ônibus ou metrô no mundo. A média de espera dos brasilienses é de 28 minutos. Apenas Salvador tem situação pior, com 33 minutos.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Brasil possui quatro cidades entre os dez piores transportes públicos do mundo, aponta estudo - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV