Primeiro casamento gay na Igreja protestante alemã

Mais Lidos

  • Como o Papa Francisco está tentando “feminilizar” a Igreja

    LER MAIS
  • “Os maus-tratos aos animais é uma expressão do mal e da nossa incapacidade de aceitar os outros”. Entrevista com Corine Pelluchon

    LER MAIS
  • Israel-Palestina. Um soldado se sacrifica e um primeiro-ministro renuncia: o genocídio em Gaza provoca ações desesperadas

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Por: Jonas | 14 Agosto 2013

O primeiro casamento entre homossexuais na Igreja protestante foi celebrado na Alemanha e registrado como tal. O casal, Christoph e Rüdiger Zimmermann (foto), unido no civil por um “contrato de comunidade de vida”, deu o “sim” numa igreja de Seligenstadt, próximo de Frankfurt. Os casamentos entre pessoas do mesmo sexo foram oficializados pela igreja protestante, em junho, na região de Hesse-Nassau.

 
Fonte: http://goo.gl/b81Os5  

A reportagem é publicada no sítio Religión Digital, 13-08-2013. A tradução é do Cepat.

Na Alemanha, o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo não existe legalmente, embora desde o ano 2001 se possa celebrar este tipo de união por meio de um “contrato de comunidade de vida”, que outorga direitos semelhantes aos do casamento, exceto em matéria de impostos e de adoção.

Ao ficarem sabendo que este casamento iria ocorrer, muitos representantes e líderes cristãos criticaram o fato e mencionaram que na Bíblia se estabelece que o casamento é um vínculo de relação entre um homem e uma mulher.

Em resposta às críticas, o porta-voz da Igreja evangélica de Hesse-Nassau, Volker Jung, reconheceu que embora a Bíblia considere a homossexualidade um pecado, a benção deste tipo de união se deve às exigências dos tempos que mudaram.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Primeiro casamento gay na Igreja protestante alemã - Instituto Humanitas Unisinos - IHU