Garoto vendado escolhe novo papa dos cristãos egípcios

Revista ihu on-line

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mais Lidos

  • Sturm und drang: quando um vigário geral abandona a Igreja

    LER MAIS
  • O trigo bloqueado ameaça o mundo

    LER MAIS
  • Novo livro alerta sobre a implosão da Igreja na França

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


05 Novembro 2012

A Igreja Ortodoxa Copta do Egito escolheu um novo papa ontem na catedral Abbasiya, no Cairo. O bispo Tawadros, 60, será oficializado como representante máximo dos coptas no próximo dia 18.

A informação é publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, 05-11-2012.

Tradicionalmente, a escolha acontece em uma cerimônia suntuosa - e curiosa: depois que um grupo de sacerdotes chega a uma lista tríplice, os nomes são colocados em uma urna.

Um garoto vendado, escolhido entre fiéis da igreja, tira um pedaço de papel e define o novo líder.

Os coptas acreditam que esse processo de seleção garante que influências do mundo externo não determinem a escolha do seu líder.

"O papa Tawadros 2º é o 118º [líder da igreja]", anunciou o papa interino Bakhomious, que estava vestindo roupas bordadas a ouro.

Tawadros, que era farmacêutico antes de se tornar sacerdote, substituirá o papa Shenouda 3º, que morreu em março, aos 88 anos, depois de liderar seus seguidores por quatro décadas.

Os coptas representam 10% da população egípcia e têm uma convivência tensa com a maioria muçulmana.

Esse receio cresceu após a Irmandade Muçulmana ter conquistado a Presidência.

Os coptas esperam que o novo papa os proteja dos confrontos com os muçulmanos, que aumentaram no ano passado após a revolta popular que derrubou o ditador Hosni Mubarak.

A Igreja Ortodoxa Copta foi criada em meados do século 1º - o islã surgiu no século 6º, na Arábia, e alcançou a Península Ibérica nos séculos seguintes.

Os cristãos representam cerca de 8,5 milhões de pessoas no Egito.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Garoto vendado escolhe novo papa dos cristãos egípcios - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV