Leitorado e acolitato para mulheres e leigos. A primeira vez no próximo domingo

Revista ihu on-line

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mais Lidos

  • A guerra de Putin e Kirill. “O pluralismo religioso nunca foi um problema para a democracia, mas hoje o pluralismo ético moral é para as democracias.” Entrevista com José V. Casanova

    LER MAIS
  • Ucrânia, Terceira Guerra Mundial e o guia do Papa Francisco para a Igreja. Artigo de Tomáš Halík

    LER MAIS
  • Das cinzas da hiperglobalização pode surgir uma globalização melhor. Artigo de Dani Rodrik

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


20 Janeiro 2022

 

Será o próprio Francisco a conferir o ministério durante a celebração do Terceiro Domingo da Palavra que o Papa presidirá na Basílica de São Pedro. E está previsto o rito de outorga também para os/as catequistas.

 

A reportagem é de Mimmo Muolo, publicada por Avvenire, 19-01-2022. A tradução é de Luisa Rabolini.

 

O ministério do Leitorato e Acolitato será conferido também às mulheres e aos homens leigos pela primeira vez no próximo domingo, na Missa que o Papa Francisco presidirá por ocasião do Domingo da Palavra de Deus, que ele mesmo instituiu em setembro de 2019 e que este ano chega à sua III edição. O anúncio foi feito ontem em uma nota do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, presidido pelo arcebispo Rino Fisichella, responsável pela organização do evento. Não será o único ato significativo que o Pontífice realizará durante a celebração. De fato, está previsto que ele também realize o rito pelo qual será conferido o ministério de Catequista aos fiéis leigos, mulheres e homens, já instituído com o motu proprio Antiquum Ministerium, em 10 de maio de 2021.

Como se lembrará, a extensão do Leitorato e Acolitado para leigos de ambos os sexos, institucionalizado através de um mandato especial (que na celebração de domingo será realizado através de um ato litúrgico), foi decidido pelo Papa com o motu proprio Spiritus Domini de 10 de janeiro de 2021. Anteriormente, de fato, eles eram reservados apenas para pessoas do sexo masculino, porque eram considerados propedêuticos para um eventual acesso à ordem sagrada. Os ministérios (para leitores e acólitos, por um lado, e para os catequistas, pelo outro) serão conferidos através de um rito, preparado pela Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos e "apresentado pela primeira vez", enfatiza uma nota divulgada ontem pelo dicastério vaticano para a nova evangelização. Antes da homilia os candidatos serão convocados, chamados pelo nome e apresentados à Igreja. Após a homilia, aqueles que receberam o ministério do Leitorato receberão a Bíblia, ou seja, a Palavra de Deus que são chamados a proclamar. Aos catequistas será confiada uma cruz, reprodução da cruz pastoral usada primeiro por São Paulo VI, depois por São João Paulo II, para recordar o caráter missionário do serviço que se preparam a administrar. Os candidatos e as candidatas ao Leitorato vêm da Coreia do Sul, Paquistão, Gana e de várias partes da Itália.

Aqueles que receberão o ministério de catequista são dois leigos vindos do Vicariato Apostólico de Yurimaguas (Peru), na Amazônia; dois fiéis do Brasil que já estão envolvidos na formação de catequistas; uma mulher de Kumasi, Gana; o presidente do Centro Oratori Romani, fundado por Arnaldo Canepa, que dedicou sua vida à fundação e direção de escolas dominicais para garotos; um leigo e uma leiga de Lódz e de Madrid. Contudo, não estarão presentes, por motivos relacionados com a dificuldade de deslocamento devido à Covid, dois fiéis da República Democrática do Congo e de Uganda.

O Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização colocou à disposição um manual litúrgico-pastoral "útil para viver a Palavra de Deus em comunidade, na família e pessoalmente". O manual em italiano está disponível em versão impressa pela Edizioni San Paolo e pode ser baixado online no site na seção 'atividades', nas versões em inglês, espanhol, português e romeno.

"O Domingo da Palavra de Deus - destaca a nota divulgada ontem - quer realçar a presença do Senhor na vida do homem" ao lado de quem caminha e está presente "através da Palavra, expressa na logo dominical, inspirado no episódio dos discípulos de Emaús, em caminho, para repercorrer as Escrituras com Jesus, deixando-se ensinar e iluminar”.

 

Leia mais

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Leitorado e acolitato para mulheres e leigos. A primeira vez no próximo domingo - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV