Jovens vencem julgamento histórico sobre crise climática nos EUA

Mais Lidos

  • O Novo Ensino Médio e as novas desigualdades. Artigo de Roberto Rafael Dias da Silva

    LER MAIS
  • Elon Musk e o “fardo do nerd branco”

    LER MAIS
  • “Um Netanyahu em plena fuga para a frente vai responder ao Irã, e apenas os EUA podem evitar o pior”

    LER MAIS

Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

17 Agosto 2023

Suprema Corte de Montana (EUA) deu ganho de causa a grupo jovem que acusava governo estadual de violar seu direito a um meio ambiente saudável.

A reportagem é publicada por ClimaInfo, 16-08-2023.

A litigância climática abriu um novo capítulo nos EUA nesta 3ª feira (15/8), quando a Suprema Corte do estado de Montana deu ganho de causa a um grupo de jovens que acusava o governo estadual de violar seu direito a um meio ambiente saudável. É a primeira condenação do tipo na Justiça dos EUA contra um governo local.

A ação foi apresentada sob a alegação de que um dispositivo da Lei de Política Ambiental estadual foi desenhado para facilitar a exploração de combustíveis fósseis. Isso porque, pela legislação, as agências ambientais daquele estado não podem considerar o impacto climático de projetos de energia, como as emissões potenciais de gases de efeito estufa. A Justiça entendeu que o dispositivo é inconstitucional por ignorar os direitos ambientais da população.

“Ao proibir a análise das emissões de GEE e os impactos correspondentes ao clima, além de como emissões adicionais contribuirão para a mudança climática, (…) [a legislação] viola o direito dos reclamantes por um meio ambiente limpo e saudável, sendo assim inconstitucional”, argumentou a juíza Kathy Seeley, responsável pelo julgamento, em sua decisão.

A decisão foi celebrada pelos jovens reclamantes e por ativistas climáticos nos EUA. “Esta é uma grande vitória para Montana, para a juventude, para a democracia e para o nosso clima”, disse Julia Olson, diretora-executiva do Our Childrens Trust, que representou o caso no julgamento, citada pelo Washington Post. “Mais decisões como essa certamente virão”.

A notícia teve ampla repercussão na imprensa, com destaques na AFP, Associated Press, BBC, Bloomberg, CNN, Guardian, NY Times e Reuters. No Brasil, CartaCapital, Estadão, O Globo e UOL também deram mais informações.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Jovens vencem julgamento histórico sobre crise climática nos EUA - Instituto Humanitas Unisinos - IHU