Rupnik por interposta persona

Mais Lidos

  • O Novo Ensino Médio e as novas desigualdades. Artigo de Roberto Rafael Dias da Silva

    LER MAIS
  • “Um Netanyahu em plena fuga para a frente vai responder ao Irã, e apenas os EUA podem evitar o pior”

    LER MAIS
  • Elon Musk e o “fardo do nerd branco”

    LER MAIS

Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

19 Junho 2023

No dia 15 de junho, a Companhia de Jesus comunicou a demissão da ordem do Pe. Marko Rupnik. O motivo da decisão foi a sua "recusa obstinada em observar o voto de obediência". Também é mencionada a sua indisponibilidade de entrar num percurso de verdade em relação às acusações de abusos sexuais e de consciência. Anteriormente, já havia surgido o fato da constituição de uma empresa, da qual Rupnik é o titular, para a qual vão as receitas das obras realizadas pelo Centro Aletti. Em 17 de junho, Maria Campatelli, diretora do Centro e em seu nome, envia uma Carta aos amigos que aqui reproduzimos.

A informação foi publicada por Settimana News, 18-06-2023. A tradução é de Luisa Rabolini.

Eis a carta.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Rupnik por interposta persona - Instituto Humanitas Unisinos - IHU