Francisco e Kirill: um encontro no horizonte

Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Mais Lidos

  • A vida de Xi Jinping e as escolhas da China

    LER MAIS
  • O Deus dos desgraçados. Artigo de Tarso Genro

    LER MAIS
  • Itália. Hospitais sem médicos: o governador da Calábria contrata 500 especialistas cubanos

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


14 Dezembro 2021

 

O Papa Francisco confirmou um futuro encontro com o Patriarca Ortodoxo de Moscou.

 

A reportagem é de Loup Besmond de Senneville, publicada por La Croix, 13-12-2021. A tradução é de Wagner Fernandes de Azevedo.

 

E então, depois de tudo, o encontro ocorrerá.

 

Papa Francisco, enquanto viajava de volta à Roma da sua visita recente ao Chipre e à Grécia, confirmou os rumores que haviam sido sussurrados nas últimas semanas – em breve, Francisco reunir-se-á com o Patriarca Kirill de Moscou, o Primaz da Igreja Ortodoxa Russa.

Essa será apenas a segunda vez desde a criação do Patriarcado de Moscou, no século XV, que as mais altas autoridades religiosas do catolicismo romano e da ortodoxia russa se encontrarão.

A primeira ocasião foi a histórica reunião de 2016 entre Francisco e Kirill em Cuba.

O Papa repetidamente tem dito que ele deseja ir a Moscou para se encontrar com seu “irmão” patriarca. Mas ninguém em Roma acredita que será assim.

“No entanto, com este Papa, milagres são sempre possíveis”, disse um diplomata europeu com um sorriso.

“Ele tem paixão por causas difíceis, como manter relações com Moscou e Constantinopla”, disse o diplomata sobre o Papa.

O Vaticano está atualmente explorando duas opções para o próximo encontro entre Francisco e Kirill.

O primeiro seria um encontro na Finlândia.

A segunda seria uma reunião no Cazaquistão, em setembro de 2022, durante uma cúpula inter-religiosa organizada pelas autoridades deste país localizado na costa do Mar Cáspio.

O arcebispo Paul Gallagher, o “ministro das Relações Exteriores” do Papa, discutiu essas duas possibilidades com líderes ortodoxos russos durante uma visita a Moscou no início de novembro.

O metropolita Hilarion, o homólogo de Gallagher no Patriarcado de Moscou, tem visitado Roma e os dois homens devem analisar as duas opções nos próximos dias.

Ambos os lados vêm tentando marcar uma reunião há algum tempo, mas fontes disseram ao La Croix que Francisco e Kirill decidiram adiar os planos devido à pandemia do coronavírus.

No entanto, será necessário um pouco mais de paciência. Devido à natureza extremamente delicada da reunião, a data provavelmente será anunciada com apenas alguns dias de antecedência.

 

Leia mais

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Francisco e Kirill: um encontro no horizonte - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV