Autoridade vaticana reitera “respeito e diálogo” com o Dalai Lama

Mais Lidos

  • No meio do caminho estava o CIMI: 50 anos do documento-denúncia “Y-Juca-Pirama” e a atuação do Pe. Antônio Iasi Jr, SJ

    LER MAIS
  • Católicos versus Evangélicos no Brasil: “guerra de posição” x “guerra de movimento”. Artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    LER MAIS
  • Frente à carnificina, testemunhar. O quê? Uma resposta do cristianismo de libertação. Artigo de Jung Mo Sung

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

05 Outubro 2021

 

Nesse domingo, 3, o jornalista Philiph Pullella (Reuters), no fim da conversa com o secretário vaticano para as Relações com os Estados, Dom P. R. Gallagher, perguntou ao arcebispo:

“O senhor disse que os organizadores [do evento dessa segunda-feira, 4, no Vaticano entre líderes religiosos em preparação para a COP-26, em Glasgow] não levaram em consideração a ideia de convidar o Dalai Lama, o líder espiritual exilado dos budistas do Tibete, que não é reconhecido pela China.”

A reportagem é de Il Sismografo, 04-10-2021. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Dom Gallagher respondeu:

“Sua Santidade, o Dalai Lama, sabe o quanto ele é respeitado aqui pela Santa Sé, mas também leva em consideração que as nossas relações [com a China] são complicadas e difíceis, e sempre respeitou isso. E nós apreciamos muito isso, e por isso o diálogo continua com o budismo em muitos, muitos níveis.”

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Autoridade vaticana reitera “respeito e diálogo” com o Dalai Lama - Instituto Humanitas Unisinos - IHU