Índia: as lágrimas do arcebispo no país assolado pela Covid

Revista ihu on-line

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mais Lidos

  • Secretário de Bento XVI chora ao falar sobre a saúde do papa emérito

    LER MAIS
  • Espanha. Tragédia migratória cresce na fronteira: o número de mortos nas fronteiras de Melilla e Marrocos subiu para 37. 35 estão em estado grave

    LER MAIS
  • Brasil no mapa da fome, o desperdício e a economia circular

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


30 Abril 2021

 

De Ranchi, a emoção de Mons. Mascarenhas, arcebispo de Ranchi, em entrevista à rede de televisão Ewtn: “Perdi um padre de 30 anos, o tinha ordenado no ano passado. Mas o que é ainda mais triste é ver tantas pessoas morrerem. A fé nos sustenta, mas é um momento muito difícil".

A reportagem é publicada por Mondo e Missione, 28-04-2021. A tradução é de Luisa Rabolini.

Diante da catástrofe sanitária em curso na Índia devido à Covid-19, não é suficiente se deter nos números, que são de forma cada vez mais evidente subestimados. Quem pode falar mais, são os testemunhos pessoais que chegam do país. Como o que a seguir propomos, proveniente de um prelado bem conhecido do PIME, o arcebispo de Ranchi Theodore Mascarenhas.

Entrevistado ao vivo pela rede de televisão católica dos EUA Ewtn, ele não consegue conter as lágrimas ao falar sobre a situação. “Perdi um padre de 30 anos - explica ele – o tinha ordenado no ano passado. Mas o que é ainda mais triste é ver tantas pessoas morrerem. A fé nos sustenta sim, mas é um momento muito difícil”.

“Quem pode, se apressa a levar os doentes para o hospital - continua o arcebispo de Ranchi -. Eu mesmo fiz isso pessoalmente com meus padres em meu jipe. Mas não há saída: o que mais você pode fazer quando as ambulâncias não estão disponíveis? O medo de contrair o vírus? Não, não estou com medo. Mesmo na época da peste, a Igreja estava na linha de frente. No entanto - conclui Mons. Mascarenhas - lembrem-se de nós em vossas orações”.

 

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Índia: as lágrimas do arcebispo no país assolado pela Covid - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV