“Uma assembleia que alcançou seus objetivos”. Dom Leonardo e Dom Edson analisam a 58ª AG da CNBB

Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Mais Lidos

  • A síndrome do pensamento acelerado

    LER MAIS
  • “Diáconas para uma Igreja sinodal.” Síntese para o Sínodo sobre a Sinodalidade

    LER MAIS
  • Papa Francisco não é contra ‘novos movimentos eclesiais’, ele apenas favorece alguns em detrimento de outros

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


19 Abril 2021

 

Como a gente tem feito ao longo da semana, escutando a voz dos nossos bispos do Regional Norte 1, no final da 58ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, celebrada de 12 a 16 de abril em formato virtual, escutamos o parecer de Dom Leonardo Steiner, arcebispo de Manaus, e Dom Edson Damian, bispo de São Gabriel da Cachoeira e presidente do Regional Norte 1 da CNBB.

A informação é de Luis Miguel Modino.

Segundo o arcebispo de Manaus, “a Assembleia Geral da Conferência dos bispos do Brasil é sempre um momento rico de colegialidade, de oração, de partilha, de escuta, da busca para servir sempre melhor a Igreja no Brasil”. Dom Leonardo afirma que “na modalidade virtual caminhou bastante bem. Os bispos puderam participar de suas residências, escutando, falando, propondo”. Porém, ele também reconhece que “foi exigente por estar diante do computador por quatro horas, sem pausa”. Mesmo assim, “a diversidade e a organização dos assuntos ajudaram a amenizar”.

“A reflexão e discussão da pastoral a partir da Palavra de Deus foi uma riqueza”, afirma Dom Leonardo. Segundo ele “a Palavra é sempre fonte para o caminho da Igreja. Houve iluminações ao texto apresentado especialmente quanto à leitura da Palavra de Deus”, dizendo que “será publicado como texto de Estudo”, o que sem dúvida vai ajudar na reflexão da Igreja do Brasil.

Dom Leonardo destaca como significativa a Mensagem aos brasileiros, que ele considera um instrumento para “iluminar as ações e a realidade nesse tempo de pandemia e ao mesmo tempo oferecer esperança e solidariedade”.

Analisando o formato da 58ª Assembleia Geral da CNBB, o arcebispo de Manaus, afirma que “numa Assembleia virtual falta a proximidade, o diálogo direto, a partilha mais espontânea, a oração onde se está um ao lado do outro; não apenas ouvindo a sua voz, mas também sentido o seu calor”. Segundo Dom Leonardo, “na virtualidade é possível realizar muito e até é mais fácil controlar o tempo. Mas falta a relação pessoal, o face a face, fundamental para a comunhão e a colegialidade”.

Finalmente, o arcebispo insiste em que “foi importante realizar a Assembleia para não nos distanciarmos uns dos outros, nos percebermos irmãos e mantermos acesa a nossa vocação de discípulos missionários como bispos”.

Dom Edson Damian afirma que “apesar de ter sido realizada on-line pela primeira vez, a 58ª Assembleia Geral da CNBB alcançou seus objetivos”. Ele destaca que, “com raras exceções, os bispos convidados e assessores puderam participar integralmente, e foram mais de 400 os participantes”. Como acontece sempre, segundo o presidente do Regional Norte 1 da CNBB, “a pauta teve muitos assuntos e foi possível apresentá-los todos, alguns até com tempo razoável para boas complementações e esclarecimentos”.

O bispo de São Gabriel da Cachoeira destaca a boa condução e articulação da assembleia dos quatro bispos da presidência. Ele destaca as oportunas e muito esclarecedoras intervenções de Dom Walmor. Na sua opinião, Dom Edson enfatiza “a abrangente e bem aprofundada estruturada Análise de Conjuntura sociopolítica e econômica, sobre a trágica situação que vive o nosso país”, que serviu como base para elaborar “a profética mensagem ao povo brasileiro”. Também destaca a mensagem do Papa Francisco, enviada pela primeira vez, de viva voz, que “está em perfeita consonância com a nossa mensagem ao povo brasileiro”.

O presidente do Regional reconhece também a importância do “Pacto pela Vida e pelo Brasil”, que “está incentivando muitas ações emergenciais para enfrentar a situação dramática que vive o nosso país”, dentre elas a defesa do SUS, o auxílio emergencial, a vacina para todos e campanhas de solidariedade para enfrentar o gravíssimo problema da fome. Foram apresentadas muitas ações das 26 pastorais sociais que atuam sob o guarda-chuva da Comissão para a Ação Sociotransformadora, dentre elas a 6ª Semana Social Brasileira. O fato dela estar acontecendo neste tempo de pandemia, “está escancarando as tremendas injustiças e desigualdades sociais do Brasil”.

A manhã de espiritualidade, conduzida pelo cardeal O'Malley, que surpreendeu aos participantes falando em português, também é destacada por Dom Edson Damian. Nela foi meditada a vida de Jesus em Nazaré e sua missão em Cafarnaum, destacando a referência que o cardeal fez a Charles de Foucauld, que captou os 30 anos de Jesus como pobre operário de Nazaré. O presidente do Regional destaca “como é importante esta inserção radical na vida dos pobres para a partir desse lugar partir para o anúncio do Evangelho”, destacando a importância da intimidade com Jesus para poder anunciá-lo no ministério, que deve centrar-se na misericórdia do Pai que busca os perdidos, os descartados pela sociedade que exclui e pela economia que mata.

O Pacto Global pela Educação e a Campanha da Fraternidade 2022, que vai tratar do tema da educação, também tem sido destacado por Dom Edson. O bispo fez referência aos encaminhamento da Comissão de Comunicação, do 15º Intereclesial das CEBs, e a presença do CELAM, que contou com a presença do presidente, Dom Miguel Cabrejos e de vários assessores, algo que Dom Edson valoriza como muito positivo, destacando que entre a CNBB e o CELAM “existe um diálogo muito aberto, um caminhar conjunto, na direção da sinodalidade”, algo que o bispo de São Gabriel da Cachoeira vê como fruto do caminho de preparação ao Sínodo para a Amazônia e os desdobramentos que estão acontecendo.

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

“Uma assembleia que alcançou seus objetivos”. Dom Leonardo e Dom Edson analisam a 58ª AG da CNBB - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV