WhatsApp foi o grande eleitor no domingo, diz analista

Mais Lidos

  • Nota Conjunta sobre a “Doutrina da Descoberta”. “Ela não faz parte do ensinamento da Igreja”

    LER MAIS
  • Condições do Papa Francisco melhoram, mas agora há risco de um conclave nas sombras

    LER MAIS
  • Papa Francisco e a Igreja pobre: uma leitura a partir das pinturas de Caravaggio

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

09 Outubro 2018

O grande eleitor do domingo foi… o WhatsApp. “Tudo de positivo ou negativo que pesou na campanha passou por essa rede”, constata o analista Mauricio Moura – estudioso do tema no instituto Ideia Big Data, que já havia previsto o fenômeno em entrevista à coluna, em setembro.

A informação é de Sonia Racy, publicada por O Estado de S. Paulo, 09-10-2018.

O que se viu, ressalta Moura, foi um efeito das mudanças de hábito. “Não é só política, é qualquer outro assunto de peso. Na média as pessoas veem suas mensagens no celular cerca de 30 vezes ao dia”. No caso, finaliza, “a rede deixou claro como é forte o sentimento geral de indignação com a política e a corrupção”.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

WhatsApp foi o grande eleitor no domingo, diz analista - Instituto Humanitas Unisinos - IHU