A Igreja Católica britânica arremete contra a proposta de legalizar o casamento homossexual

Mais Lidos

  • Influenciadores ou evangelizadores digitais católicos? Artigo de Dom Joaquim Mol

    LER MAIS
  • Os equilíbrios de Lula no Brasil pós-Bolsonaro. Artigo de Bernardo Gutiérrez

    LER MAIS
  • Para onde estamos indo? Artigo de Leonardo Boff

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Por: André | 06 Março 2012

Um dos maiores responsáveis católicos da Grã-Bretanha, o cardeal Keith O’Brien, chefe da Igreja da Escócia, denunciou no domingo com veemência o projeto do governo britânico de legalizar o casamento homossexual, em uma nota editorial no Sunday Telegraph.

A reportagem é de Jesús Bastante e está publicada no sítio espanhol Religión Digital, 04-02-2012. A tradução é do Cepat.

O projeto do governo “representa uma grotesca subversão de um direito humano universalmente aceito”, destaca o cardeal, que recorda que o artigo 16 da Declaração Universal dos Direitos Humanos define o casamento como uma relação entre homens e mulheres.

O primeiro ministro David Cameron espera redefinir o casamento civil e abri-lo aos casais do mesmo sexo, durante o seu mandato que finaliza em 2015. Evocou publicamente seu apoio ao casamento homossexual durante a última conferência do partido conservador em Manchester, no outono boreal passado.

A secretária de Estado Lynne Featherstone deve lançar uma consulta no mês que vem ao público sobre a introdução do casamento homossexual na Inglaterra e no País de Gales.

“Nenhum governo tem a autoridade moral para desmantelar a definição universalmente reconhecida do matrimônio”, acentua o cardeal em sua tribuna.

O projeto “ignora”, segundo ele, os direitos da criança a ter um pai e uma mãe, e teria no futuro outras implicações graves. “Se o matrimônio supõe apenas o amor entre adultos, o que impedirá casar três pessoas que se querem?”, arremata.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

A Igreja Católica britânica arremete contra a proposta de legalizar o casamento homossexual - Instituto Humanitas Unisinos - IHU