Contra factum

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • A geração Z é a geração ‘do Fim do Mundo’. Entrevista com Carlos Tutivén Román

    LER MAIS
  • Evolução do episcopado e mudança do magistério. Artigo de Severino Dianich

    LER MAIS
  • “A Renda Básica não é em si uma proposta antitrabalho”. Entrevista com Alberto Tena

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


01 Junho 2021

 

"Contra factum non valet argumentum" costumavam dizer os latinos para indicar a evidência de situações que não precisam de palavras, reflexões, opiniões para serem sustentadas e demonstradas.

O comentário é de Tonio Dell'Olio, padre, jornalista e presidente da associação Pro Civitate Christiana, publicado por Mosaico di Pace, 31-05-2021. A tradução é de Luisa Rabolini.

Isso está acontecendo em dois grandes países latino-americanos, no Brasil e na Colômbia, onde a evidência dos fatos apontam para as políticas erradas de Bolsonaro e Duque, seus respectivos presidentes. Trata-se do número de vítimas: consequências diretas de escolhas políticas erradas. É uma clara desconexão entre o palácio e a vida dos habitantes.

O "factum" demonstra que as necessidades do povo e as razões do seu protesto não foram compreendidas. A enxurrada de gente que se espalhou pelas ruas de 200 cidades daquele continente chamado Brasil, não são pessoas politicamente contrárias a Bolsonaro e, aliás, entre elas, há certamente quem votou nele. São simplesmente pessoas com sede de vida e compreenderam que a cloroquina não é suficiente para combater a pandemia, querem vacinas.

O pior erro que se poderia cometer na Colômbia era de abafar o crescente protesto recorrendo a uma força repressiva mais violenta e o presidente escolheu colocar os militares em campo. Há situações em que se poderia passar para a história, aproveitando sabiamente a ocasião para dar um passo atrás. Mas os dois presidentes do Brasil e da Colômbia não parecem estar à altura de tal profundidade de pensamento.

Leia mais

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Contra factum - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV