França. O Papa nomeia um administrador apostólico para Lyon, arquidioces do cardeal Philippe Barbarin

Revista ihu on-line

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mais Lidos

  • Garimpo está destruindo vidas e terras indígenas com apoio do governo. Entrevista com Luísa Molina

    LER MAIS
  • Vaticano ordena reforma de comunidade religiosa após escândalos de abusos

    LER MAIS
  • Charles de Foucauld me ajudou a encontrar um caminho de vida cristã mais simples, menos pelagiana, mais próxima do Senhor, testemunha o Papa Francisco

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


26 Junho 2019

O papa nomeou um administrador apostólico para Lyon, a arquidiocese do cardeal Philippe Barbarin, que foi afastado (mas não demitido) depois de ter sido condenado por não denunciar um sacerdote pedófilo.

A reportagem é de Iacopo Scaramuzzu, publicada por Vatican Insider, 24-06-2019. A tradução é de Luisa Rabolini.

Francisco nomeou D. Michel Dubost, de 77 anos, religioso lazarista, bispo emérito de Evry-Crobeil-Essonnes, administrador apostólico "sede plena et ad nutum Sanctæ Sedis" e, portanto, à disposição da Santa Sé em uma sé episcopal que não está mais vacante pois, como explica a própria arquidiocese, "o cardeal Philippe Barbarin permanece no título de arcebispo de Lyon, enquanto seus poderes como bispo diocesano são transferidos para o administrador apostólico".

Condenado em primeira instância em 7 de março passado pelo tribunal correcional de sua cidade a seis meses com condicional por não ter denunciado um padre pedófilo, o padre Bernard Preynat, o cardeal, que havia imediatamente anunciado tanto a intenção de entregar sua demissão nas mãos do Papa como a decisão de seus advogados de apelar, anunciou, no dia seguinte a uma audiência papal, que ocorreu em 18 de março, que Francisco havia recusado sua renúncia "invocando a presunção de inocência" e deixado que tomasse uma decisão pelo bem da diocese.

Barbarin consequentemente optou por tomar um "determinado período" de retiro, confiando a liderança da diocese a seu vigário geral moderador, o padre Yves Baumgarten. Que hoje expressa agradecimento, em uma nota, a D. Dubost, garantindo que a arquidiocese o receberá "com alegria e confiança" para "permitir-lhe cumprir esta missão a serviço de nossa diocese, assegurando-lhe a nossa total cooperação".

Enquanto os destinos judiciais do Cardeal Barbarin permaneciam incertos (e ainda não está claro quando o processo de apelação ocorrerá), o conselho presbiteral, o conselho diocesano do diaconato e o conselho dos leigos da diocese de Lyon convidaram Barbarin a entregar novamente sua renúncia nas mãos do Papa, denunciando a "crise de governo" da arquidiocese, "expressado os sofrimentos e as incompreensões vividas atualmente pelos leigos e pelos padres de nossa diocese", conforme tinha referido o próprio regente da arquidiocese, esperando "uma solução" mais definitiva "para a vida da Igreja local. Hoje, o próprio Padre Yves Baumgarten, anunciando a nomeação de Dubost, agradece "a todos os atores pastorais pelo apoio e por sua ação na paz e na unidade".

O novo Administrador Apostólico de Lyon, relata a Conferência dos Bispos Franceses em uma nota, foi ordenado em 1967, foi nomeado ordinário militar em 1989 e bispo de Evry-Corbeille-Essonnes a partir de 2017. Entre outros cargos, ele é membro do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso e, dentro do episcopado francês, membro da comissão para a missão universal.

Nota de IHU On-Line: Está em cartaz, nos principais cinemas do Brasil, o filme Graças a Deus, de François Ozon. O filme ajuda a compreender a grave crise dos abusos sexuais na França e, especificamente, o caso que envolve o Cardeal Barbarin. Para saber mais sobre o filme, pode ser lido o comentário "Grâce à Dieu'', um filme necessário".

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

França. O Papa nomeia um administrador apostólico para Lyon, arquidioces do cardeal Philippe Barbarin - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV