Frases do dia

Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Mais Lidos

  • Holodomor não está distante no tempo nem no espaço

    LER MAIS
  • “Estamos em um mundo sem direção política”. Entrevista com José Mujica

    LER MAIS
  • “A era do progresso acabou e a da resiliência já está aí”. Entrevista com Jeremy Rifkin

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


14 Janeiro 2021

Bicos

"Pretendo um dia voltar para a minha área, mas o mercado está cada vez mais difícil. Nenhuma montadora chama, mesmo a gente tendo experiência. A gente passa por várias entrevistas e vê que há, sim, um pré-julgamento. Muitas vezes pela idade ou por causa do salário, mais alto, que recebíamos antes” - Orlando Rodrigues Calixto, 45 anos, auditor de qualidade, foi desligado da Ford em junho de 2019, após duas décadas e meia na unidade. Hoje, faz bicos e trabalha como motorista de aplicativo – Portal Uol, 13-01-2021.

Apesar da luta, fechou

"Infelizmente, o pessoal (que foi demitido agora) vai sentir na pele o que a gente sentiu há um ano e meio. Todo o processo de luta para não ter fechamento e, mesmo assim, a fábrica (da Ford) fechou, deixando muitos profissionais na rua” - Orlando Rodrigues Calixto, 45 anos, auditor de qualidade, foi desligado da Ford em junho de 2019, após duas décadas e meia na unidade. Hoje, faz bicos e trabalha como motorista de aplicativo – Portal Uol, 13-01-2021.

5.000 pessoas na rua

"A recolocação no mercado não foi legal para quem é ex-funcionário da Ford, ficamos sem rumo. O mercado está muito parado e a Ford já está com a ideia de investir somente em carros elétricos e híbridos há muitos anos. Apesar de ser uma transformação global de fechamento de fábricas, aqui também o governo não ajudou muito e, agora, haverá mais 5.000 pessoas na rua" - Orlando Rodrigues Calixto, 45 anos, auditor de qualidade, foi desligado da Ford em junho de 2019, após duas décadas e meia na unidade. Hoje, faz bicos e trabalha como motorista de aplicativo – Portal Uol, 13-01-2021.

Incentivos fiscais

"É muito triste o impacto que isso vai causar. Essa reestruturação da Ford é um planejamento de anos, todos falavam que isso, mais cedo ou mais tarde, iria acontecer. Aqui no Brasil, a Ford sempre teve incentivos fiscais, mas acham a mão de obra muito cara, sem falar nos milhares de processos trabalhistas. É lamentável, mas vida que segue” - Ricardo Martins Barbosa, 42 anos, - ex-operador de rebocador, também foi desligado da planta de São Bernardo em 2019, após 25 anos na empresa. 

Estratégia de vacinação

"Sabe o que é mais importante que qualquer vacina? A estratégia de vacinação. É ela que vai nos permitir ter muito menos mortes em 2021. Volto a repetir: ter vacina é bom, mas o que elimina a doença é a estratégia de vacinação. Até agora, das candidatas mais avançadas, todas são muito promissoras" - Isabella Ballalai, médica, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm)” – BBC Brasil, 13-01-2021.

Politização dos dados do Butantan

“Ninguém olhou com tanto detalhe para as outras vacinas como estão fazendo agora com o Instituto Butantan. No caso de Pfizer, Moderna, Oxford/AstraZeneca, só sabemos da eficácia geral. Não podemos deixar que a politização sobre esses dados crie uma desconfiança na população” - Isabella Ballalai, médica, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm)” – BBC Brasil, 13-01-2021.

Simples assim

"Sendo simplista, se vacinar 1 milhão [de pessoas] com vacina que reduz 95%, o máximo que você protegeu foi 950 mil pessoas. Se vacinar 200 milhões com uma vacina que reduz 50%, você protege até 100 milhões de pessoas” - Marcio Sommer Bittencourt, médico do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo – BBC Brasil, 13-01-2021.

Apanhando

"Essa de 50% é boa? Agora estão vendo a verdade... O que eu apanhei por causa disso... Estou há quatro meses apanhando por causa da vacina. Entre eu e a vacina, tem a Anvisa. Não sou irresponsável” – Jair Bolsonaro, presidente da República, caçoando da vacina do Butantan – Balaio do Kotscho, 13-01-2021.

Bolsonaro brinca de ser presidente

"Lamentável a declaração do presidente Bolsonaro sobre a vacina do Butantan. Ao invés de comemorar o fato do Brasil ter um imunizante seguro e eficaz para combater a pandemia, ele ironiza a vacina. Enquanto brasileiros perdem vidas e empregos, Bolsonaro brinca de ser presidente” – João Dória – PSDB – governador de São Paulo – Balaio do Kotscho, 13-01-2021.

Venham de onde vierem

“Se as vacinas da Índia não chegarem a tempo, só restará ao governo central recorrer às prateleiras do Instituto Buntatan, em São Paulo, para finalmente dar início ao programa nacional de vacinação. O que importa agora é que as vacinas, venham de onde vierem, cheguem aos nossos braços. Nem que a gente tenha de levar seringa e agulha” – Ricardo Kotscho, jornalista – Portal Uol, 13-01-2021.

Salto de paraquedas

“Bolsonaro estava firme na sua intenção de pular de paraquedas, semana passada, descendo no lago Paranoá em Brasília, a convite do ministro-chefe Luiz Eduardo Ramos – paraquedista militar com experiência em saltos. Assessores palacianos ficaram preocupados e conseguiram convencê-lo a adiar a aventura” – Sonia Racy, jornalista – O Estado de S. Paulo, 14-01-2021.

Igreja Universal

“O vice, que assumiu o cargo como prefeito de Goiânia, é o pastor Rogério Cruz da Igreja Universal” – Sonia Racy, jornalista – O Estado de S. Paulo, 14-01-2021.

Será?

“A expectativa de que a vacinação comece no próximo dia 19, como quer o Ministério da Saúde, não animou tanto os governadores. Alegam que ainda faltam esclarecimentos sobre uma série de questões, principalmente em relação à logística. Ainda assim, o início da imunização é visto como uma boa notícia” – Coluna do EstadãoO Estado de S. Paulo, 14-01-2021.

A ver

“Na conversa com o grupo Diálogo pelo Brasil, intermediada pela Fiesp, Eduardo Pazuello se desdobrou para tentar acalmar o grupo empresarial: reiterou que o planejamento para a vacinação em todo o País está pronto e que ela começará assim que a Anvisa liberar os imunizantes” – Coluna do Estadão – O Estado de S. Paulo, 14-01-2021.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Frases do dia - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV