Há dois anos, Greta Thunberg iniciava sua greve pelo clima

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • Celibato dos padres no centro do Sínodo. O caso dos abusos impulsiona as reformas

    LER MAIS
  • A geração Z é a geração ‘do Fim do Mundo’. Entrevista com Carlos Tutivén Román

    LER MAIS
  • Ratzinger, além de Munique, há uma página negra em seu pontificado. Artigo de Marco Politi

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


22 Agosto 2020

No dia 20 de agosto de 2018, há exatos dois anos, uma adolescente resolveu protestar, sozinha, em frente ao parlamento sueco, em Estocolmo, com um cartaz dizendo “greve escolar pelo clima” (Skolstrejk för klimatet). Por semanas, Greta Thunberg apareceu por lá, sempre às sextas, por volta do meio-dia, com o mesmo cartaz. Alguns meses depois, ela não estava mais sozinha e o movimento que levou jovens para as ruas ganhou o mundo.

A reportagem é de Daniele Bragança, publicada por ((o))eco, 20-08-2020.

Muitas sextas-feiras depois, houve protestos simultâneos em mais de 120 países, discurso na ONU e Greta ganhou o prêmio de personalidade do ano pela revista ‘Time’. Em dois anos, ela não só virou uma das principais ativistas ambientais da sua geração, como já é grande o suficiente para doar recursos para as causas que defende. No final de julho, Greta recebeu 1 milhão de euros vindos do Prêmio Gulbenkian para a Humanidade, da Fundação Calouste Gulbenkian, e afirmou que destinaria o recurso para grupos que defendem a natureza e lutam contra as mudanças climáticas.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Há dois anos, Greta Thunberg iniciava sua greve pelo clima - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV