Covid-19 e o emprego. Estimativas iniciais de impacto no setor de serviços

Revista ihu on-line

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mais Lidos

  • “Fratelli Tutti” coisa nenhuma. “Memorando” exorta que antes do conclave os cardeais releiam “Dominus Iesus”

    LER MAIS
  • Nacionalismos e patriotismos. Artigo de Flavio Lazzarin

    LER MAIS
  • Diante do nacionalismo da Grande Rússia, vamos reinventar o internacionalismo. Artigo de Pierre Dardot e Christian Laval

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


26 Março 2020

“Os grandes grupos de atividade econômica que sofrerão maior impacto por conta do distanciamento social – necessário como medida de controle da transmissão do Covid-19 – empregam um total de quase 10 milhões de trabalhadores formais, isso representa 21% do emprego formal no país”, informa o Relatório Técnico “Covid-19 e Emprego: estimativa iniciais de impacto no setor de serviços”, de autoria do Laboratório do Futuro em parceria com o LABORe. Dentre esse grandes grupos, "destacam-se o comércio varejista com mais de 6,5 milhões de trabalhadores, o setor de alimentação com mais de 1,5 milhões de trabalhadores e o setor de transporte de passageiros (terrestre e aéreo) com quase 1 milhão de trabalhadores".

O Relatório Técnico foi publicado por Laboratório do Futuro, em 25-03-2020, e está disponível aqui.

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Covid-19 e o emprego. Estimativas iniciais de impacto no setor de serviços - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV