Sucumbíos. Dia da Igreja Comunidade Povo de Deus a serviço do Reino

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Por: André | 08 Novembro 2012

A Igreja de Sucumbíos, no Equador, compartilha os eventos realizados no dia 30 de outubro, dia em que o seu bispo, Dom Gonzalo López Marañón, há dois anos foi convidado a deixar a direção da sua Igreja. A tradução é do CEPAT.

Eis o comunicado.

No dia 30 de outubro, comemoramos em Sucumbíos, Equador, o Dia da Igreja Comunidade Povo de Deus a serviço do Reino. Foi exatamente no dia 30 de outubro de 2010, quando inesperadamente Dom Gonzalo López Marañón foi deposto violentamente e, com isso, a Igreja de Sucumbíos começava a viver uma etapa de fogo na fidelidade ao Senhor. Como Igreja com memória histórica mantemos a esperança e a alegria e por isso quisemos celebrar estes dois anos, assim como também o fizemos no ano passado.

O programa foi muito simples, mas com profundo significado e vivido com muita fé, devoção, esperança e solidariedade. Apesar da intensa chuva, às 18h30, nos concentramos, as pessoas participantes, na significativa cruz do Bairro do Mirador, em Nueva Loja, onde demos início à Celebração marcada pela alegria Pascal e o caráter Martirial, que se expressavam nos sinais da Luz e da Cruz. Em caminhada presidida pela Luz do Círio, que guiava o nosso caminhar e que foi acendendo as velas e tochas dos e das caminhantes, recordamos o nosso batismo, que somos filhos e filhas da Luz, e que temos a responsabilidade de fazê-la crescer. Acompanhava-nos também a Cruz, carregada também por várias mulheres. Maria, nossa mãe, nossa companheira, nos animava com sua presença. Ela foi nossa inspiradora, com ela cantamos, choramos, oramos sem cessar nestes dois anos; nada teríamos conseguido sem seu apoio.

Fomos avançando e cantando pelas ruas querendo manifestar que somos uma Igreja a caminho. Fizemos uma parada na Rádio Sucumbíos, a “companheira solidária” que fortaleceu a integração da província. Ali tivemos a liturgia da Palavra, onde o Pe. Edgar comparava os gritos do cego Bartimeu com os nossos gritos e nosso clamor que pede respeito à nossa maneira de ser Igreja. Alguns, como aconteceu com Bartimeu, querem nos calar, mas outros também o animavam em seu propósito de se aproximar de Jesus. Nós somos animados e apoiados a seguir caminhando como Igreja Comunidade Povo de Deus a serviço do Reino pelo Concílio Vaticano II, pelas Conferências Episcopais Latino-americanas e pela força do Senhor no coração de tantas pessoas e comunidades que a partir dela, crescemos em dignidade, em consciência do amor de Deus e no compromisso de convivência pacífica e busca de melhores condições de vida para todos/as.

Em seguida, continuamos caminhando rumo à Igreja do Divino, onde continuamos a celebração com a liturgia da Eucaristia, concluindo com a notícia compartilhada de que outras comunidades de Sucumbíos também haviam começado a acender a luz, entre elas Lumbaqui, Sevilla, San José de Tarapoa, Gral, Farfán – La Punta, Palma Roja, Flor del Valle, Bermejo, Troncal, Reventador, assim como também em outros lugares do Equador, e também fora dele, na Costa Rica, Colômbia, Argentina, Espanha e Alemanha, entre outros. Na sequência, selamos a nossa alegria com a compartilha também de uma refeição comunitária, um delicioso “sancocho de gallina”, para finalizar à meia-noite a Vigília deste dia.

Dom Paolo Mietto foi convidado e inicialmente manifestou seu desejo de participar, mas não apareceu. Contudo, queremos destacar a importância da mensagem que transmitiu pela Rádio Sucumbíos, com a qual reconhece em seu significado a importância deste dia.

Marcou-se um momento novo, a Luz da Vigília começou a irradiar-se e já não está somente em Lago Agrio, a capital da província, mas que cada comunidade vai acendendo sua luz para que Sucumbíos ilumine. Convidamos a continuar acendendo a Luz cada noite e a unir-se às comunidades e famílias que ainda não o fizeram. Sempre há tempo para se unir à Vigília de Oração, para estar com “as lâmpadas acesas”, enquanto não se respeitar esta caminhada legítima da Igreja dos Pobres que pedia o Papa João XXIII.

Animamos as comunidades de Sucumbíos e de outros lugares para nos informar através do correio eletrônico Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., para acender a luz de sua comunidade em nosso mapa.

Por último, contar-lhes que com esta curta, mas significativa experiência, decidimos celebrar este acontecimento nos próximos anos, e os convidamos desde já a reconhecer e celebrar o dia 30 de outubro como o Dia da Igreja Comunidade Povo de Deus a serviço do Reino. Por isso, os convidamos a cantar conosco essa linda canção:

Jesucristo ayer junto a mis abuelos
Jesucristo  hoy junto a mis hermanos
Jesucristo aquí presencia y memoria
Señor de la Historia, Jesús el Señor

Qué linda la gente
que tiene memoria
seguro que tiene esperanza también.
Qué lindo este pueblo que mira su historia
se junta y celebra cantando su fe
Qué lindo este encuentro de tantos hermanos
que viven haciendo la comunidad.
Qué linda la vida si juntos buscamos
Verdad y Justicia, Paz y Libertad.

Jesucristo ayer Dios crucificado
Jesucristo, hoy hombre solidario
Jesucristo aquí fiesta y alabanza
Señal de esperanza
Jesús Salvador.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Sucumbíos. Dia da Igreja Comunidade Povo de Deus a serviço do Reino - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV