Os bispos dos Estados Unidos saúdam o plano de Obama contra a mudança climática

Revista ihu on-line

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mais Lidos

  • Diante do nacionalismo da Grande Rússia, vamos reinventar o internacionalismo. Artigo de Pierre Dardot e Christian Laval

    LER MAIS
  • “Receber dinheiro para evangelizar de quem gera morte é contraditório”. Entrevista com Dom José Ionilton Lisboa de Oliveira

    LER MAIS
  • “Fratelli Tutti” coisa nenhuma. “Memorando” exorta que antes do conclave os cardeais releiam “Dominus Iesus”

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Por: André | 06 Agosto 2015

Por meio de um comunicado, assinado por dom Thomas Wenski Gerard, arcebispo de Miami e presidente da Comissão Episcopal para a Justiça e o Desenvolvimento, os bispos norte-americanos apoiaram o plano de redução da poluição ambiental apresentado pelo presidente Barack Obama. “Os bispos apreciam esta importante decisão com a finalidade de mitigar a mudança climática e proteger a saúde pública, já que é uma maneira significativa de assumir a nossa responsabilidade no cuidado da criação de Deus”, assinala o comunicado.

A reportagem é publicada por Aica, 05-08-2015. A tradução é de André Langer.

O plano apresentado pelo presidente dos Estados Unidos propõe-se a conseguir até 2030, um corte de 32%, com relação a 2005, das emissões de dióxido de carbono das centrais elétricas, fonte de um terço da poluição de monóxido nos Estados Unidos.

Dom Wenski assinala no comunicado que se trata de “um passo importante para proteger a saúde de todos, especialmente das crianças, dos idosos, das comunidades pobres e vulneráveis, da poluição e dos efeitos nocivos da mudança climática”.

Há dois meses, os bispos norte-americanos teriam pedido, em uma carta aberta ao Congresso, para não dificultar a aprovação de novas leis sobre as emissões de dióxido de carbono, recordando a encíclica do Papa Francisco Laudato si’, na qual o Papa exorta a “todos para cuidar da criação e da nossa casa comum, pelo bem das gerações presentes e futuras”.

O próprio presidente Obama, no seu discurso na Casa Branca, onde anunciou seu “Plano de Energia Limpa”, citou o Santo Padre dizendo que era uma “obrigação moral” tomar medidas para reduzir as emissões nocivas.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Os bispos dos Estados Unidos saúdam o plano de Obama contra a mudança climática - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV