Nove presidentes confirmaram presença na beatificação do arcebispo Romero

Revista ihu on-line

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mais Lidos

  • A guerra de Putin e Kirill. “O pluralismo religioso nunca foi um problema para a democracia, mas hoje o pluralismo ético moral é para as democracias.” Entrevista com José V. Casanova

    LER MAIS
  • Ucrânia, Terceira Guerra Mundial e o guia do Papa Francisco para a Igreja. Artigo de Tomáš Halík

    LER MAIS
  • Das cinzas da hiperglobalização pode surgir uma globalização melhor. Artigo de Dani Rodrik

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Por: André | 29 Abril 2015

Nove presidentes e cinco cardeais de diversas partes do mundo deverão participar da beatificação do arcebispo mártir Óscar Arnulfo Romero y Galdámez, que acontecerá em San Salvador no dia 23 de maio, garantiu nesta quarta-feira o bispo Rafael Urrutia, um dos organizadores do evento.

A reportagem é publicada por Valores Religiosos, 29-04-2015. A tradução é de André Langer.

Urrutia não deu detalhes sobre os nomes dos presidentes que confirmaram sua presença, mas o governo de Salvador Sánchez Cerén convidou todos os presidentes da América Latina para a beatificação.

A beatificação de Romero, aprovada pelo Vaticano em fevereiro passado, será um evento histórico “e que deve unificar os salvadorenhos”, apontou o também bispo Jesús Delgado, biógrafo de Romero e postulador salvadorenho da causa da beatificação.

Romero, que foi arcebispo de San Salvador, foi assassinado no dia 24 de março de 1980 por um esquadrão da morte de ultradireita que o acusava de ser um “padre comunista”.

Urrutia garantiu que 15 arcebispos, 60 bispos e 1.200 padres participarão da beatificação de Romero, o primeiro beato salvadorenho da Igreja católica.

“Esperamos cerca de 250 mil pessoas na festividade de beatificação de nosso dom Óscar Arnulfo Romero”, apontou Urrutia.

Romero foi um decidido defensor dos direitos humanos em uma época em que imperava uma ditadura militar que reprimia os protestos populares e foi declarado pelo Vaticanomártir por ódio à fé”, dado que seus vitimadores o assassinaram por defender a sua Igreja e seus fiéis.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Nove presidentes confirmaram presença na beatificação do arcebispo Romero - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV