Pedofilia. Encontro da subcomissão vaticana a propósito do bispo chileno Barros

Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Mais Lidos

  • A vida de Xi Jinping e as escolhas da China

    LER MAIS
  • O Deus dos desgraçados. Artigo de Tarso Genro

    LER MAIS
  • Sobre o amor. Artigo de Faustino Teixeira

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Por: Jonas | 15 Abril 2015

Um grupo de trabalho da Pontifícia Comissão para a Proteção dos Menores, da qual fazem parte duas vítimas de sacerdotes pedófilos, manifestou “preocupações” com a recente nomeação do bispo chileno Juan de la Cruz Barros Madrid para a Diocese de Osorno, na qual é acusado de ter ocultado as acusações de pedofilia contra um sacerdote. Hoje, ocorreu um encontro, que não foi anunciado, com o cardeal Sean O’Malley, presidente da Comissão, no Vaticano.

A reportagem é de Iacopo Scaramuzzi, publicada por Vatican Insider, 13-04-2015. A tradução é do Cepat.

“Ainda que nossa tarefa não seja a de enfrentar casos individuais, a proteção dos menores é nossa principal preocupação”, afirmou o grupo de trabalho, ou subcomissão, em uma nota. “O processo de nomeação dos bispos comprometidos com a proteção dos menores e consciente dela é de importância fundamental. À luz do fato de que o abuso sexual é tão comum, a capacidade de um bispo de promulgar políticas eficazes e de monitorar atentamente sua aplicação é essencial. O cardeal O’Malley concordou em apresentar as preocupações da subcomissão ao Santo Padre”.

Dom Barros entrou na Diocese de Osorno como bispo, no último dia 21 de março, em meio a protestos de alguns fiéis na catedral. Vítimas chilenas de abusos sexuais o acusam de ter ocultado o caso do sacerdote Fernando Karadima, reconhecido culpado por pedofilia. O grupo de trabalho (uma das subcomissões temáticas nas quais se divide a Comissão Vaticana) conta com a presença de duas vítimas de sacerdotes pedófilos: a irlandesa Marie Collins e o inglês Peter Saunders, que se reuniram com o Papa, em Santa Marta, há alguns meses. Além disso, fazem parte da comissão a francesa Catherine Bonnet e a baronesa inglesa Sheila Hollins.

“No avião, do aeroporto de Roma para casa, após um bom encontro com o cardeal O’Malley, tuitou, nesta manhã, Collins.

Veja também:

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Pedofilia. Encontro da subcomissão vaticana a propósito do bispo chileno Barros - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV