Contenção do aquecimento global inclui redução de US$ 30 bi em investimentos em combustíveis fósseis

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • A crise energética, a escolha europeia, e a “reviravolta russa”. Artigo de José Luís Fiori

    LER MAIS
  • As feridas cada vez mais abertas. As acusações da Unicef e da Oxfam

    LER MAIS
  • A fantasia de Deus. Leonardo Boff e o Espírito Santo

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


22 Janeiro 2014

Embora muita gente ainda duvide da existência do aquecimento global, o fenômeno já registra um aumento de temperatura de 0,8º Celsius em relação a média, segundo estudos da Organização das Nações Unidas (ONU), o que tem causado o degelo no Ártico, inundações, secas e migrações forçadas em todo o mundo, só para citar alguns exemplos.

A reportagem foi publicada pelo sítio EcoD, 17-01-2014.

O mais recente relatório da ONU, que vazou para a imprensa na quarta-feira, 15 de janeiro, aponta que as emissões dos gases de efeito estufa (que aceleram o aquecimento global) precisarão diminuir pelo menos 70% no período de 2010 e 2050 para que a média do aumento de temperatura seja inferior a 2ºC. Do contrário, segundo os cientistas, os riscos de um colapso em nível mundial serão inevitáveis.

Para alcançar a meta de redução de emissão de gases nocivos estabelecida pela ONU, os governos precisarão extrair grandes quantidades dessas substâncias do ar, além de investir trilhões em energia limpa.

O relatório da ONU sugere que técnicas de remoção de dióxido de carbono passem a ser empregadas na atmosfera. No entanto, essas tecnologias ainda estão em um nível de desenvolvimento considerado experimental. Entre os maiores projetos estão a reforma da usina Boundary Dam, no Canadá, que será capaz de capturar um milhão de toneladas de gases nocivos por ano, informou a Reuters.

Mas também seria necessário investir US$ 147 bilhões em energia limpa (solar, eólica e nuclear, por exemplo), além de reduzir o investimento em combustíveis fósseis em US$ 30 bilhões de dólares por ano.

A previsão da comunidade internacional é a de que os países só venham a acertar um acordo de redução das emissões de gases-estufa em 2015, durante a 21ª Conferência das Partes das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP-21), que será realizada em Paris, na França.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Contenção do aquecimento global inclui redução de US$ 30 bi em investimentos em combustíveis fósseis - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV