Bergoglio foi eleito na sexta votação

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • Leitorado e acolitato para mulheres e leigos. A primeira vez no próximo domingo

    LER MAIS
  • “Essa ideia do fim da história é uma invenção dos conservadores”. Entrevista com Thomas Piketty

    LER MAIS
  • “Estamos em uma crise civilizatória que começou antes da pandemia”. Entrevista com Raúl Zibechi

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Por: Jonas | 01 Novembro 2013

O papa Bergoglio não foi eleito na quinta votação do Conclave, mas na sexta. Na tarde do dia 13 de março de 2013, Jorge Bergoglio não foi eleito papa na quinta votação, como sempre se pensou, mas na sexta. Assim revela o livro “Francisco, vida y revolución” (editora El Ateneo), da correspondente de “La Nación” na Itália e no Vaticano, Elisabetta Piqué, à venda nos próximos dias.

 
Fonte: http://goo.gl/O6dytR  

A reportagem é de Andrea Tornielli, publicada por Vatican Insider, 31-10-2013. A tradução é do Cepat.

O que aconteceu exatamente? Após a quinta votação, depois da abertura da urna com as cédulas dos 115 cardeais eleitores, começou-se a contar uma por uma antes de ocorrer a verificação. E havia 116, ou seja, uma a mais. Tratou-se, seguramente, de um erro de um dos cardeais eleitores, que, sem perceber, depositou duas cédulas na urna: uma com seu voto e outra em branco (que certamente, de alguma forma, alguém pegou na primeira votação).

Um descuido formal que provocou a anulação da quinta votação, que seguramente teria resultado na eleição de Bergoglio. Assim, decidiu-se, imediatamente, por uma nova votação. Este acidente não influenciou, certamente, no voto dos cardeais, uma vez que ninguém sabia quem havia saído eleito na votação anulada. Na sexta votação, mas quinta verificação dos votos, o cardeal arcebispo de Buenos Aires saiu eleito com uma ampla maioria (com mais do que os 77 votos previstos). E veio a “fumaça branca” que prenunciou o “boa tarde” do papa Francisco.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Bergoglio foi eleito na sexta votação - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV