Primeira encíclica do Papa Francisco pode ser lançada ainda este ano

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • Mudanças climáticas: uma oportunidade para a teologia se libertar do passado. Artigo de Bruno Latour

    LER MAIS
  • O extermínio na hora do almoço. Artigo de Corrado Augias

    LER MAIS
  • Pedofilia, relatório sobre a diocese de Ratzinger: 497 vítimas. O Papa Emérito é acusado de negligência em 4 casos. Santa Sé: “Vergonha”

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


27 Abril 2013

O Papa Francisco pode publicar a sua primeira encíclica este ano, disse o porta-voz do Vaticano.

A reportagem é de Carol Glatz, publicada no sítio Catholic News Service, 25-04-2013. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

O padre jesuíta Federico Lombardi disse que "não excluiria" a possibilidade da publicação da primeira encíclica do papa "ainda este ano", informou a Rádio do Vaticano.

O porta-voz disse aos jornalistas nessa quinta-feira que o papa emérito Bento XVI já havia "elaborado material sobre o tema da fé" para uma encíclica.

Autoridades vaticanas disseram que o Papa Bento XVI concluiu os trabalhos no fim de 2012 para aquela que teria sido a sua quarta encíclica – uma carta sobre a virtude teologal da fé. Seu lançamento estava previsto para o primeiro semestre de 2013, mas o papa renunciou no dia 28 de fevereiro, antes da sua publicação.

Não é incomum que um papa pegue trabalho iniciado pelo seu antecessor, faça alterações e publique em seu próprio nome. A segunda parte da primeira encíclica de Bento XVI, Deus Caritas Est ("Deus é Amor"), era uma discussão sobre a atividade caritativa católica preparada sob o Beato João Paulo II. Nove meses depois que o Papa Bento XVI foi eleito, o documento foi publicado depois que o novo papa reformulou essa seção.

Lombardi também disse que o Papa Bento XVI, que tem morado na residência papal de verão em Castel Gandolfo desde a sua renúncia, logo se mudaria – como esperado – para um edifício renovado nos Jardins Vaticanos.

O papa emérito deverá se mudar para o Mosteiro Mater Ecclesiae entre o fim de abril e o início de maio, disse o porta-voz.

Nesse meio tempo, disse ele, o Papa Francisco continuará residindo na casa de hóspedes do Vaticano, onde ele tem estado desde o início do conclave que o elegeu, em vez do apartamento papal no palácio apostólico.

A Domus Sanctae Marthae abriga residentes permanentes, assim como alguns convidados que vêm ao Vaticano para reuniões.

O Papa Francisco "gosta muito de lá", disse o porta-voz, e, no momento, não parece que ele queira mudar suas acomodações, embora nenhuma "decisão final" tenha sido tomada.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Primeira encíclica do Papa Francisco pode ser lançada ainda este ano - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV