Para assumir cargo de diplomata, descendente de quilombola teve que brigar na justiça

Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Mais Lidos

  • O Papa Franciso, mais uma vez, surpreende. Artigo de Eduardo Hoornaert

    LER MAIS
  • Movimentos no pós-pandemia. Artigo de Raúl Zibechi

    LER MAIS
  • Presbíteros sinodais: comunhão, participação e missão. Artigo de Eliseu Wisniewski

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


30 Junho 2022

 

Rebeca Mello, 29 anos, economista descendente de quilombola, natural de Cavalcante (GO), será a primeira diplomata negra do Brasil. Ela foi aprovada no concurso do Instituto Rio Branco em 2017, dentro do programa de cotas, mas teve que esperar cinco anos para ingressar na carreira.

 

A reportagem é de Edelberto Behs, jornalista. 

 

Rebeca não pôde assumir por causa de ação movida pela procuradora da República, Anna Carolina Resende Maia Garcia, questionando a sua admissão porque ela cabia na categoria “pardo claro”, que não consta na Constituição.

 

“Eu não era negra o suficiente para as cotas, só para sofrer preconceito”, declarou Rebeca ao portal Metrópoles.

 

No início do mês, em acordo inédito com o Itamaraty e a Advocacia Geral da União, Rebeca aceitou abandonar o processo movido por ela questionando sua exclusão por ser “parda clara”, para ter uma cerimônia de posse reservada e passar de novo por banca examinadora. Rebeca aparece, agora, no grupo de aprovados do Itamaraty.

 

Leia mais

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Para assumir cargo de diplomata, descendente de quilombola teve que brigar na justiça - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV