México. AMLO exige que o Papa e Felipe VI peçam perdão pela conquista do país "com a cruz e a espada"

Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Mais Lidos

  • Papa Francisco não é contra ‘novos movimentos eclesiais’, ele apenas favorece alguns em detrimento de outros

    LER MAIS
  • A síndrome do pensamento acelerado

    LER MAIS
  • Simone Weil: Uma carta de coração

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


27 Março 2019

"Ocorreram massacres, imposições, a chamada conquista foi feita com a espada e com a cruz". O presidente do México, Andrés López Obrador, revelou ontem que solicitou ao Rei Felipe VI, assim como ao Papa Francisco, que se desculpem pelos abusos cometidos pelos espanhóis e a Igreja Católica durante a conquista do país, que completa 500 anos.

A reportagem é de Jesús Bastante, publicada por Religión Digital, 26-03-2019. A tradução é do Cepat.

AMLO revelou que pediu por carta ao Rei Filipe VI da Espanha e ao Papa Francisco que pedissem desculpas pelos abusos cometidos pelos espanhóis e a Igreja durante a conquista do país norte-americano, uma demanda que foi rejeitada pelo governo espanhol. Em 2021, completam-se 500 anos da conquista do México por Hernán Cortés.

Relato de agravos

“Já enviei uma carta ao Rei da Espanha e outra carta ao Papa, para que haja um relato de agravos e que se peça perdão aos povos originários pelas violações ao que hoje se conhece como direitos humanos ", disse por meio de um vídeo publicado em redes sociais, com sua esposa, em algumas ruínas maias.

Francisco já pediu perdão em 2015 pela conquista na Bolívia, mas López Obrador exigiu que “também faça isso no México". Da Santa Sé, não houve resposta oficial.

Como resposta à mensagem de AMLO, o Governo da Espanha emitiu uma declaração na qual lamentou "profundamente que se tenha tornado pública a carta que o Presidente dos Estados Unidos Mexicanos endereçou ao S.M. o Rei, em 1 de março, cujo conteúdo rejeitamos firmemente".

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

México. AMLO exige que o Papa e Felipe VI peçam perdão pela conquista do país "com a cruz e a espada" - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV