Em vídeo, Meirelles pede a pastores oração para economia crescer

Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Mais Lidos

  • “A reação de pastores é uma rebelião política em nome da fé”. Entrevista especial com José de Souza Martins

    LER MAIS
  • O que precisamos aprender com André Janones

    LER MAIS
  • “A saúde do solo, das plantas e a nossa estão interligadas”. Entrevista com Vandana Shiva

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


19 Setembro 2017

Mensagem foi enviada a integrantes da Assembleia de Deus. Ministro também diz compartilhar dos valores das leis de Deus e dos homens.

A reportagem é publicada por CartaCapital, 18-09-2017.

Circula por grupos de Whatsapp de Brasília um vídeo no mínimo curioso. Embora conte com o apoio tanto do campo político quanto do empresariado - ambos enaltecem suas credenciais técnicas para fazer o Brasil crescer - o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, achou por bem recorrer às instâncias divinas para tirar o País da crise.

"A meta é fazer com que o Brasil volte a ter emprego para todos. Para isso, preciso contar com a oração de vocês", afirma Meirelles em vídeo que, de acordo com informações veiculadas pela imprensa foi gravado pelo ministro de forma amadora e enviado a pastores da Assembleia de Deus Madureira, no Rio de Janeiro. Meirelles não pode participar de um evento da igreja no sábado e por isso enviou uma mensagem aos participantes.

 

No vídeo (a íntegra pode ser vista abaixo) de 1 minuto e meio o ministro também afirma que trabalha junto com os pastores nos princípios da ética e do trabalho duro e que se sente à vontade para falar com eles "porque temos os mesmo valores, os valores das leis de Deus e dos homens".

Na semana passada o PSD fez uma proposta para que Meirelles seja candidato do partido à Presidência. O líder da legenda na Câmara, deputado Marcos Montes (MG), considera Meirelles um nome “apetitoso” como pré-candidato à Presidência em 2018.

Em perfil no Twitter, o ministro negou ter aceitado o convite. “Ele fala que não, claro, mas gosta do assunto”, sugeriu Montes ao site Poder360. Ao mesmo veículo, Montes disse que o ministro "está fazendo o papel dele agora. Na medida em que puder falar no assunto, vai falar. Não pode se expor muito, mas vai falar.”

O presidente da Frente Parlamentar Evangélica, deputado Hidekazu Takayama (PSC-PR), negou que Meirelles tenha se aproximado da bancada. “Não creio [que seja um aceno], tudo isso é especulação. Ele até pode, qualquer candidato vai querer procurar os cristãos.” Nos últimos três meses o ministro participou de pelo menos três cerimônias evangélicas.

Abaixo a íntegra, disponível no YouTube do Poder360:

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Em vídeo, Meirelles pede a pastores oração para economia crescer - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV