Papa fica do lado do Azerbaijão na questão Karabakh - Baku

Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Mais Lidos

  • A dificuldade de Maria Homem comer Caetano. Artigo de Faustino Teixeira

    LER MAIS
  • Uma ladainha sem fim e uma pequena história exemplar. Artigo de José Luís Fiori

    LER MAIS
  • Escândalo de Rupnik é nova peça do mosaico do Vaticano sobre casos de abuso

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


28 Junho 2016

O apelo do Papa Francisco pela paz em Nagorno-Karabakh é um pedido de libertação dos "territórios ocupados no Azerbaijão", disse Khikmet Gadzhiyev, assessor de imprensa do Ministério das Relações Exteriores da República.

"A declaração do Papa Francisco em Yerevan sobre a necessidade de obter paz em Nagorno-Karabakh é um apelo à prevenção da ocupação ilegal dos territórios azeris, à retirada das Forças Armadas armênias de todos os territórios azeris ocupados, incluindo a região do Nagorno -Karabakh no Azerbaijão, garantindo o regresso dos migrantes e refugiados azeris que foram submetidos a limpeza étnica sangrenta para suas casas e, portanto, a restauração da paz e da justiça na região", declarou Gadzhiyev.

A informação é publicada por Interfax, 27-06-2016. A tradução é de Luísa Flores Somavilla.

"O apelo do Papa Francisco para o mundo foi feito na Armênia, o que significa que se dirige oficialmente a Yerevan. Gostaria de ter esperanças que Yerevan atendesse ao apelo do Papa por paz e em breve desistisse das políticas de agressão e ocupação contra o Azerbaijão", disse Gadzhiyev.

O Papa Francisco esteve na Armênia em uma visita que ele chamou de "viagem apostólica" e uma "peregrinação", de 24 a 26 de junho.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Papa fica do lado do Azerbaijão na questão Karabakh - Baku - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV