Natal, vazio Natal: o Vaticano se blinda frente à segunda onda do coronavírus e não fará missa com fiéis na Véspera, tampouco no dia 25

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • Mudanças climáticas: uma oportunidade para a teologia se libertar do passado. Artigo de Bruno Latour

    LER MAIS
  • O extermínio na hora do almoço. Artigo de Corrado Augias

    LER MAIS
  • Pedofilia, relatório sobre a diocese de Ratzinger: 497 vítimas. O Papa Emérito é acusado de negligência em 4 casos. Santa Sé: “Vergonha”

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


28 Outubro 2020

Depois da Semana Santa, o Natal: o coronavírus fará que as principais cerimônias do Natal sejam celebradas “de forma privada” no Vaticano, segundo um correio enviado pela Secretaria de Estado às delegações estrangeiras da Santa Sé.

A reportagem é de Jesús Bastante, publicada por Religión Digital, 27-10-2020. A tradução é de Wagner Fernandes de Azevedo.

Assim, no calendário público do Papa, não figura a missa da Véspera de Natal, nem no dia 25 de dezembro, que costumam ser celebradas com os fiéis na Basílica de São Pedro. Somente aparece a benção Urbi et Orbi, do dia 25.

Segundo a agenda vaticana, Francisco celebrará o dia da Imaculada Conceição com um Ângelus desde a Praça São Pedro, no lugar do tradicional ato diante da imagem de Maria junto à Praça Espanha, uma tradição que remonta a 1953 e que este ano não será possível.

No que diz respeito ao Natal, o Papa costuma celebrar a missa da véspera de Natal na Basílica de São Pedro no dia 24 de dezembro, e no dia de Natal ele dá a benção Urbi et Orbi da loggia central da Basílica. Nos últimos anos, ele rezou também as primeiras Vésperas no dia 31 de dezembro, seguidas de uma missa no dia 1º de janeiro pela solenidade de Maria Mãe de Deus, ambas na Basílica de São Pedro.

Vaticano, fechado para o Natal

Estes eventos não estão incluídos no calendário público do Papa Francisco para 2020, com exceção da bênção Urbi et Orbi de 25 de dezembro, que Bergoglio costuma pronunciar, de forma excepcional, da loggia das bênçãos, no centro de Basílica de São Pedro. A mesma sacada da qual saiu em 13 de março de 2013, uma vez eleito Pontífice.

Sim, o Ângelus está programado para o domingo e as audiências gerais para todo o mês de dezembro, exceto para o Natal.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Natal, vazio Natal: o Vaticano se blinda frente à segunda onda do coronavírus e não fará missa com fiéis na Véspera, tampouco no dia 25 - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV