O Papa amplia para dois dias sua visita à Suécia para comemorar a Reforma Luterana

Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Mais Lidos

  • “A reação de pastores é uma rebelião política em nome da fé”. Entrevista especial com José de Souza Martins

    LER MAIS
  • O que precisamos aprender com André Janones

    LER MAIS
  • “A saúde do solo, das plantas e a nossa estão interligadas”. Entrevista com Vandana Shiva

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Por: André | 02 Junho 2016

A viagem que o Papa tinha previsto fazer à Suécia no dia 31 de outubro próximo se estenderá ao dia 01 de novembro por sua participação na cerimônia da Federação Luterana Mundial para comemorar o 500º aniversário da Reforma.

A reportagem é publicada por La Vanguardia, 01-06-2016. A tradução é de André Langer.

Em um primeiro momento estava previsto que o pontífice argentino participasse só da cerimônia conjunta entre católicos e luteranos na cidade de Lund, na Suécia, mas foi decidido ampliar a viagem por mais um dia, já que no dia 01 de novembro será celebrada uma missa com a comunidade católica, segundo informou nesta quarta-feira o Vaticano.

De acordo com um primeiro programa desta viagem, à espera do oficial, o Vaticano informou que o papa participará da cerimônia de oração comum na catedral de Lund e pela tarde ocorrerá outro ato sobre "o testemunho e o serviço comum dos luteranos e católicos no mundo" no estádio de Malmo.

O encontro com os católicos ainda não tem local definido.

Na comemoração na Suécia estarão presentes o presidente da Federação Luterana Mundial, o bispo Munib A. Younan, e o secretário-geral da mesma, o reverendo Martin Junge.

O evento de Lund situa-se no processo de estudo do documento “From Conflict to Communion” (Do conflito à comunhão) publicado em 2013 e distribuído nas comunidades católicas e luteranas naquela que foi “uma primeira tentativa entre as duas partes de voltar a escrever juntos, em nível internacional, a história da Reforma e suas intenções”.

Em 2017 será comemorado o 50º aniversário do início do diálogo internacional luterano-católico, do qual surgiram estes anos documentos como a “Doctrine of Justification” (Declaração conjunta sobre a Doutrina da Justificação) de 1999 e que encerrou importantes disputas entre ambos.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O Papa amplia para dois dias sua visita à Suécia para comemorar a Reforma Luterana - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV