Bolsonarismo transcende Bolsonaro, é uma força capilar que atravessa a sociedade brasileira

Mais Lidos

  • No episódio dessa semana, as contradições de um Brasil dual, o Papa se manifesta sobre o caso Rupnik e a homossexualidade, o Dia de Memória do Holocausto e mais

    Informe IHU: 27/01/2023

    LER MAIS
  • Holocausto: as raízes não devem ser esquecidas

    LER MAIS
  • Papa Francisco: conservadores assustados com a possível escolha de um jovem bispo progressista para o ex-Santo Ofício

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

31 Outubro 2022

"Hoje a esquerda brasileira não tem chance de contestar o ruas diante de uma extrema direita empoderada e armada”, escreve Bruno Cava, ensaísta e autor de "Bolsonaro. A fera do pop".

Eis o artigo.

Faltam poucas horas para a eleição que decidirá quem comandará o destino do gigante sul-americano pelos próximos quatro anos . Se as previsões de quase todas as pesquisas se confirmarem, Luiz Inácio Lula da Silva chegará ao terceiro mandato no Palácio do Planalto, mas desta vez altamente condicionado pelo seu próprio e de outros.

Em primeiro lugar, terá que evocar a agitação golpista de uma ultradireita cada vez mais radicalizada: o próprio Jair Bolsonaro já saiu para abalar o espectro de uma suposta fraude nas mãos da justiça eleitoral em favor dos Trabalhadores. ' Partido (PT). Esta semana, inclusive, foi confirmada a “reunião de urgência” realizada pelo atual presidente e a liderança militar em Brasília.

Outro ponto-chave a ser observado tem a ver com a formação de um Congresso suficientemente distante da direita para obrigar um possível futuro governo Lula a negociar com o “Centro”. Semanas atrás, esse bloco parlamentar formado por partidários e aliados pró-governo somava 23 deputados e alcançava uma maioria de 99 parlamentares.

Então, sempre diante de uma possível vitória do PT, será preciso ver como se resolvem as disputas internas dessa ampla proposta eleitoral esburacada de contradições e de interesses conflitantes.

Para analisar o que pode acontecer na votação deste domingo e os possíveis movimentos na política brasileira, conversamos com o ensaísta, professor e autor de inúmeros livros – inclusive Bolsonaro. A fera do pop (Red Editorial, 2019), Bruno Cava.

"Hoje Lula é o candidato do sistema e Bolsonaro se apresenta como antissistema ao rejeitar as instituições e a lei, com uma monstruosa retórica antissistema que confirma a violência histórica no Brasil", diz o acadêmico, e alerta sobre o nível da política de violência: “hoje é ainda maior do que em outros países onde a direita está em ascensão, como na Itália”.

Em cena para os próximos anos, ele afirma: “O Bolsonaro transcendeu Bolsonaro, é uma capilaridade consolidada que atravessa toda a sociedade brasileira, mesmo com forte presença nos bairros mais pobres”.

“O PT apela à nostalgia dos anos felizes e do boom econômico dos primeiros anos deste século, mas não existem as mesmas condições econômicas, políticas e sociais para reproduzir esse modelo”, explica Cava.

"A candidatura de Lula reúne o liberalismo social-democrata em defesa da democracia burguesa, é uma aposta de baixo horizonte e uma instância de mediação para a construção de novas alternativas."

Em relação às ameaças de golpe diante de uma eventual derrota do atual presidente nas urnas, ele antecipa que embora seja algo "possível, não provável". De qualquer forma, ele acredita que “hoje a esquerda brasileira não tem chance de enfrentar e disputar as ruas com uma extrema direita que está armada e ganhou as ruas; hoje a luta é pela conservação do sistema, uma situação muito diferente da Argentina, onde os movimentos populares ainda mantêm muita força” , reflete.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Bolsonarismo transcende Bolsonaro, é uma força capilar que atravessa a sociedade brasileira - Instituto Humanitas Unisinos - IHU