Esticadores de Horizontes: Por mais políticas públicas para jovens LGBT (IHU/Adital)

Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Mais Lidos

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


08 Julho 2016

Muito se avançou, na última década, em relação ao reconhecimento de direitos e à implementação de políticas públicas voltadas para os cidadãos e cidadãs LGBT no Brasil. No entanto, a perspectiva, agora, com uma severa crise política e um congresso extremamente conservador, é de estagnação e mesmo de retrocesso. Gestores públicos seguem tateando em busca de recursos e de ações mais eficazes para atender a um segmento da população ainda considerado de segunda categoria. Redução da violência contra LGBT, garantia de direitos e melhoria no atendimento à saúde, em especial para a população trans são urgências apontadas pelos especialistas ouvidos pelos "Esticadores de Horizontes".

Texto: Benedito Teixeira

Veja as matérias:

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Esticadores de Horizontes: Por mais políticas públicas para jovens LGBT (IHU/Adital) - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV