Oração inter-religiosa: Os mais queridos - Santo Agostinho

Mais Lidos

  • Influenciadores ou evangelizadores digitais católicos? Artigo de Dom Joaquim Mol

    LER MAIS
  • Os equilíbrios de Lula no Brasil pós-Bolsonaro. Artigo de Bernardo Gutiérrez

    LER MAIS
  • Para onde estamos indo? Artigo de Leonardo Boff

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

04 Março 2016

Neste espaço se entrelaçam poesia, arte e mística. Através de orações de mestres espirituais de diferentes religiões, mergulhamos no Mistério que é absoluta transcendência e absoluta proximidade.

Este serviço é uma iniciativa feita em parceria com o Prof. Dr. Faustino Texeira, teólogo, professor e pesquisador do PPG em Ciências da Religião da Universidade Federal de Juiz de Fora e com Pulika, artista plástico de Brasília, autor da ilustração.

OS MAIS QUERIDOS - Santo Agostinho

Tu és grande, Senhor;
sobre os humildes pões teus olhos,
e olhas de longe os que se põem no alto;
só estás junto dos de coração contrito,
não te revelas aos orgulhosos,
mesmo que, com curiosidade, com perícia,
ponham-se a contar todas as estrelas do céu,
e cada grão de areia do profundo oceano;
tracem a medida do espaço sideral
e explorem as estradas das estrelas.

Fonte: As confissões de Santo Agostinho. São Paulo: Paulinas, 2000, p. 83.

os mais queridos, pulika

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Oração inter-religiosa: Os mais queridos - Santo Agostinho - Instituto Humanitas Unisinos - IHU