Proporção de jovens negros assassinados no Brasil cresce 110% em dez anos

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • Para ser ouvida, a Igreja precisa mudar de método. Entrevista com Jean-Claude Hollerich, relator do próximo Sínodo

    LER MAIS
  • Impulso feminino no neofascismo cristão de Bolsonaro: quatro cenas recentes de início do ano eleitoral

    LER MAIS
  • A Europa e a guerra da Ucrânia. Artigo de Boaventura de Sousa Santos

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


22 Outubro 2015

A proporção de jovens negros assassinados no Brasil saltou de 75,8 para cada 100 mil habitantes, em 2002, para 168,6, em 2012. Ou seja: em dez anos, a proporção de negros mortos aumentou mais de 110%.

Os dados fazem parte do "Guia de enfrentamento ao extermínio da juventude negra", que será lançado hoje pelo Canal Futura durante a Conferência Municipal dos Direitos Humanos do Rio.

Da coluna de Ancelmo Gois, jornalista, publicada no jornal O Globo, 21-10-2015.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Proporção de jovens negros assassinados no Brasil cresce 110% em dez anos - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV