Gilmar, enxada e voto, em frase memorável do Ministro Fachin

Revista ihu on-line

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mais Lidos

  • Nacionalismos e patriotismos. Artigo de Flavio Lazzarin

    LER MAIS
  • “Fratelli Tutti” coisa nenhuma. “Memorando” exorta que antes do conclave os cardeais releiam “Dominus Iesus”

    LER MAIS
  • “Pontifexit”: o papado romano e o Ocidente. Artigo de Massimo Faggioli

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Por: Cesar Sanson | 25 Setembro 2015

Comentário é de Luis Nassif em seu portal GNN, 24-09-2015:

"No seu voto sobre o desmembramento dos processos da Lava Jato, o Ministro Edson Fachin encerrou com uma frase histórica.

Disse ele que entende que quem quer concentrar tudo nas mãos de apenas um, o faz por razões técnicas, mas sobretudo por razões sociológicas, 'razões muito bem explicadas por Victor Nunes Leal na sua obra clássica "Coronelismo, Enxada e Voto'.

A obra analisa a influência dos coronéis sobre os currais eleitorais, sua gana de impor a própria vontade acima dos votos dos cidadãos livres.

O STF voltou a ser um órgão garantista, colegiado, no qual a truculência desabonadora de Gilmar tem sido derrotada em todas as votações em que tenta impor seu viés partidário".

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Gilmar, enxada e voto, em frase memorável do Ministro Fachin - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV